DEVOCIONAL 100

d100

 

Leitura: I Samuel 2:22-36 “Eli, já bem idoso, ficou sabendo de tudo que seus filhos faziam a todo o Israel e que eles se deitavam com as mulheres que serviam na entrada da Tenda do Encontro”

I Samuel – 2:22

 

COMO NÃO SER: PAI

 

 

Há algum tempo, por acidente, acabei vendo uma reportagem, que contava um “causo” interessante. Uns pais tiveram a tremenda cara de pau de ir no mais fake dos muros de lamentações do mundo – Sim; estou falando do Facebook -, para despejar sua indignação contra algo extremamente sério, cuja a não observância poderia causar incontinência urinária, descongelamento da calota polar, ou terceira guerra mundial! Sim, a denuncia feita tem – ou deveria ter – o poder pra mudar o mundo!

 

 

Tal choramingo era, porque, sem terem sido convidados, foram visitar algum amigo em casa. E chegando lá, em sua estante havia diversas figures actions (caríssimas inclusive). E o seu filho, tinha ficado o tempo todo chorando por que tal monstro não tinha deixado ele brincar com os bonecos! Um absurdo! Como ele ousou contradizer esse anjo?

 

 

Só o fato da exposição o tempo todo de tudo, nas redes sociais, já deveria ser tido como um comportamento excessivo e anormal. Não poucas pessoas, estão ocupadas de mais vivendo suas vidas virtuais, que não há mais espaço pra vida comum e normal. Mas principal revela uma decadência na criação dos filhos – que obviamente não é uma invenção da pós modernidade, como podemos ver no caso de Eli; embora que, com certeza, aqui foi alimentada, fortalecida e expandida. Crianças mal educadas, egoístas, sendo instruídas como sendo o único motivo diário que faz com que o sol se levante e dê seu brilho matinal!

 

 

É urgente entendermos os limites que as crianças devem ter. A correção que deve fazer parte desse processo. Precisam serem ensinadas a perder, a lidar com as frustrações, a assumirem culpa pelos seus erros – e as consequências também! Cuidado, pode ser que você esteja sendo um Eli da vida, e esteja levando seus filhos e sua família, pra destruição. Seja pai!

 

 

Felipe Rocha

Anúncios

DEVOCIONAL 99

 

d99

 

Leitura: Juízes 14 – 16

“Fazendo-o dormir no seu colo, ela chamou um homem para cortar as sete tranças do cabelo dele, e assim começou a subjugá-lo. E a sua força o deixou.”
Juízes 16:19

 

TODA FORÇA ESCONDE UMA FRAQUEZA

 

 

Ryan trabalha em Wall Street como analista de compliance e secretamente, como analista da CIA. Em meio a operações financeiras, quando descobre contas bancárias escondidas que somariam trilhões de dólares, por uma organização estrangeira, suspeita de novo ataque terrorista. Viktor Cherevin, um magnata russo, é o maior controlador desses ativos. É enviado à Russia sob o pretexto de fazer uma auditoria nessas contas. Depois de quase morrer em sua primeira noite, participa de um complexo plano da CIA para invadir o sistema e obter os dados secretos de Cherevin. Mas como penetrar na fortaleza impenetrável dele?

 

 

Cheverin, um homem poderoso, tinha uma brecha a ser explorada: mulheres. E talvez mais específicamente, mulheres casadas. Enquanto Ryan faz todo o jogo de espiões, Cathy, sua noiva, finge flertar com ele! Um ataque aos EUA, plano de décadas de preparação, desmorona por causa da sua luxúria!

 

 

Sansão, era um homem, sem igual nem paralelo na história. Talvez, uma mistura de Aquiles com Hércules. Sua força sobrehumana, e seu desprezo pelo perigo, o tornava um alvo potencial – mas inalcançável! No entanto, como toda fortaleza, Sansão também tinha um um ponto fraco: o sexo!

 

 

Quantos homens, grandes homens, tem sido colocados de joelhos por causa dos pecados sexuais? Pornografia, prostituição, traição, tem sido o calcanhar de Aquiles de tantos! Não adianta ignorar a fraqueza, achando que se esquecida, ela some! Ela continua lá! E se fortalecendo em secreto, até sua total ruína!

 

 

Procure alguém; confesse seu pecado. Deixe-me ser ajudado! As consequências dessas brechas, serão a ruína de grandes projetos. Entre eles, a sua própria família!

 

 

Felipe Rocha

DEVOCIONAL 98

d98

Leitura: Rute 3

“Disse então Noemi: “Agora espere, minha filha, até saber o que acontecerá. Sem dúvida aquele homem não descansará enquanto não resolver esta questão hoje mesmo”
Rute – 3:18

 

 

CONFIÁVEL

 

 

Duas garotas de férias. Na bela París! O que poderia ser melhor? Bom, pra começar, com certeza, não sofrer um sequestro de uma quadrilha especializada no tráfico humano e na exploração da prostituição forçada, seria uma boa pedida! Esse é o pano de fundo do filme “Busca Implacável” (2008). “Um sequestro rotineiro”, pensaram aqueles criminosos. Mas não tinham ideia que estavam levando uma adolescente, que era filha de um agente secreto da CIA – extremamente habilidoso e determinado -, que havia renunciado a uma vida de ação, pra justamente ficar perto dela!

 

 

Estavam ao telefone, quando a levaram. Um deles pega o celular caído, e fica escutando o que ele dizia: “Eu não sei quem você é; não sei o que quer. Se é resgate já aviso que não tenho dinheiro; mas tenho um conjunto de habilidades muito especiais, que adquiri ao longo de toda uma carreira…sou um pesadelo pra gente como você: se soltar minha filha, já, acaba aqui… Mas se não soltar, irei atrás de você, vou te encontrar e… vou te matar!” E, ali, aquele marginal comete o segundo erro; responde um desafiador “Boa sorte”

 

 

Noemi conhecia o caráter de Boaz. Sabia que se ele tinha prometido fazer algo, faria. Não importava as dificuldades ou barreiras. E como carecemos de pessoas assim! Como carecemos de sermos pessoas assim! Pessoas que não tenham medo de usar os seus dons, talentos e aptidões pra salvar outras. Pra resgatar pessoas!

 

Bryan Mills, com ferocidade, vai derrubando inimigo por inimigo. Até encontrar sua filha! Não descanse em quanto sua família está partida; não descanse enquanto não ter paz no lar. Não descanse enquanto não reedificar seus relacionamentos! Não descanse enquanto não cumprir suas promessas!

 

 

Felipe Rocha

DEVOCIONAL 97

 

d97

 

Leitura: Juízes 21:1-25

“Ó Senhor, Deus de Israel”, lamentaram, “por que aconteceu isso em Israel? Por que teria que faltar hoje uma tribo em Israel? ”
Juízes 21:3

 

 

CARA DE PAU

 

“Tino, você está falido!” ” – Para neh! Ninguém é capaz de gastar cem milhões de reais!”

16 anos anos. Um casal comum. Ele, trabalhava numa pequena academia. Ela, dona de casa. Um dia, jogam na loteria federal, e ganham uma bolada de cem milhões de reais. De uma vida extremamente simples, passam a viver uma nababesca. Viagens, carros, jóias. Muitas jóias. Compraram até um veleiro (que naufragou). Um dia, vai fazer uma simples compra, e o cartão não passa. Vai bravo até o gerente, sem entender o “porquê”. Esse enredo – tirando a parte dos cem milhões de reais ganhos – se encaixa em muitas fases das nossas vidas. Aqui, é o enrendo do filme “Até que a sorte nos separe” (2012).

 

 

Depois de viver uma vida desregrada, com luxos extravagantes, sem qualquer reserva, poupança ou investimento, se surpreende por ter torrado todo aquele dinheiro. Se surpreende com o resultado do que plantou. Aqui, Israel – na maior cara de pau – ousam se dirigir a Deus, e perguntar “porque aconteceu aquilo”. Não “entendiam” como tinham conseguido ir tão longe e tão fundo. Claro, foram pra longe de Deus, pelo caminho mais fundo do poço moral! O texto termina dizendo que “que cada um fazia o que lhe parecia ser certo”. Ora, como ousavam esperar outro resultado?

 

 

Da mesma forma, vivemos esse Brasil de hoje. E ousamos perguntar porque tudo isso está acontecendo, como se apenas não fosse a plantação de tudo o que foi semeado. Se queremos ousar sonhar com resultados diferentes, precisamos nos posicionar pra plantarmos outras sementes! Enquanto isso, a perplexidade vai nos assombrar, e o horror, paralisar! É tempo de quebrantamento e arrependimento!

 

 

Felipe Rocha

Devocional 96

d96

 

 

“Agora, entreguem esses canalhas de Gibeá, para que os matemos e eliminemos esse mal de Israel”. Mas os benjamitas não quiseram ouvir seus irmãos israelitas”

Juízes 20:13

 

 

SERVOS DA IDEOLOGIA

 

 

No filme SWAT (2003), o Sgto Hondo é incubido de recrutar, preparar e liderar uma nova equipe da tropa de elite, para recobrar o brilho da unidade, depois que uma civil foi ferida numa operação. Um criminoso internacional, passeia sob disfarce em Los Angeles.

 

Uma lanterna queimada, torna-se a causa da sua detenção! Após uma tentativa de fuga frustada pela equipe da SWAT, ele oferece diante das câmeras de TV, 100 milhões de dólares pra quem o libertassem! No momento da transferência, enquanto o comboio que o escoltava saía da delegacia, à porta, uma multidão se acotovelava pra vê-lo. Mulheres com cartezes de “case comigo”. Uma moça levanta a blusa pra mostrar os seios, se oferecendo. E claro, diversas facções se organizando e articulando pra resgata-lo!

 

 

O capítulo anterior começa dizendo que, era uma época que não havia rei sobre Israel. Muitos trechos de Juízes dizem que, “cada um agia conforme parecia melhor aos seus olhos”. Haviam diligentemente negligenciado a Lei de Deus e se afastado das ordens divinas. E por isso, estavam cada vez mais longe do Senhor e cada vez mais sob escravidão e opressão! Nada os identificava como nação, apenas grupos focados no interesse de seus mais mesquinhos desejos, vontades e pecados!

 

 

Um crime horrendo havia acontecido. As demais tribos vieram pra levar justiça. Exigiram que os criminosos fossem entregues, pra que a execução trouxe equilíbrio e paz. Mas, claro, que escolherem descer ao mais baixo piso moral, protegendo os criminosos, só porque faziam parte da mesma tribo!

 

 

O Brasil vive a mesma situação. Uma operação que começa em um Posto, chega ao Palácio. Porém, esses mesmos bandidos que destruíram a nação continuam sendo efusivamente defendidos por seus seguidores. Somos um país cristão sem o Cristo. E as consequências da ausência de princípios, experimentamos na pele! Não se rebaixe a ponto de defender bandido por afinidade tribal. O juízo virá, e não ache que poderá se livrar dele!

 

 

Felipe Rocha

Devocional 95

atirador
“Disse-lhes Jefté: Vocês não me odiavam e não me expulsaram da casa de meu pai? Por que me procuram agora, quando estão em dificuldades?”
Juízes – 11:7

 

 

USANDO PESSOAS

 

No filme Atirador (2007), Bob Lee Swagger que é um exímio atirador de elite, decide se isolar depois da morte de seu amigo, ao serem abandonados no território inimigo. Algum tempo depois, ele é convencido a voltar ao serviço para impedir uma suposta tentativa de assassinato contra o presidente. Mas ele é enganado múltipla vezes: os mesmos que o estavam recrutando, eram os que haviam causado a morte do seu amigo, e os abandonado na Batalha. Aliás, eram os causadores daquela guerra. É usado também, pra sem perceber, planejar o crime. No fim, só queriam alguém que cumprisse seus propósitos obscuros!

 

 

Jefté, um filho ilegítimo, expulso por seus meio-irmãos sem qualquer direito a herança. Um homem que vivia as consequências das escolhas que outros fizeram. Uma situação não causada por ele, a qual, não lhe restava solução, a não ser aceitar sua própria sina. No entanto, ele não era um homem comum; era valente! Era um guerreiro! E agora, seu DNA, as convenções sociais de então, já não importavam mais. Apenas importava sua coragem pra fazer aquilo que aqueles covardes não conseguia!

 

 

Eles não o amavam, não o respeitavam pelo o que ele era; mas estavam dispostos a usá-lo pra livra-los daquelas necessidade imediata. E a mesma situação pode acontecer nas nossas vidas: seja quando, depois de desprezarmos pessoas por não se encaixarem nas nossas próprias definições e convenções, as usamos, apenas porque podem nos oferecer algo que precisamos no momento. E não raro, as desprezarmos logo em seguida. Ou, quando, depois de sermos desprezados, nossos desprezadores precisam de algo – algo que somente nós podemos lhe oferecer! Daí nos usam e…nos abandonam logo em seguida!

 

 

Para o primeiro caso, é necessário uma reforma de caráter em Cristo urgente! Na segunda, o caráter de Cristo em nós é posto a prova: como reagimos quando temos o poder pra “dar o troco”: pagando na mesma moeda ou se deixando sacrificar pro benefício de quem não merece! Só quem compreende a Graça consegue tal feito!

 

 

Felipe Rocha

DEVOCIONAL 94

d94

 

Leitura: Juízes 9:34-49 “Perguntem a todos os cidadãos de Siquém: O que é melhor para vocês: ter todos os setenta filhos de Jerubaal [Gideão] governando sobre vocês, ou somente um homem? Lembrem-se de que eu sou sua própria carne”.
Juízes 9:2

 

AMBIÇÃO

 

 

A série The Blacklist apresenta Raymond Reddington, um ex agente da inteligência americana, que agora era um chefão do crime, de uma casta de criminosos extremamente poderosa. Tão poderosa, que a lista dos mais procurados parecia piada!

 

Em um dos episódios, Red descobriu que havia rumores de que ele estava trabalhando com o FBI, e se descobrissem a verdade ele acabaria morto. Então ele contratou um velho amigo para se passar por ele, enganando a polícia, para enganar também outros chefões que integravam essa irmandade criminosa internacional. No final, ele mesmo ajudou a todos os bandidos fugirem, matou quem desconfiava dele e continuou a usar o FBI pra eliminar seus desafetos e fortalecer seu império!

 

 

Abimeleque em sua busca egoísta, matou a quase todos os seus irmãos. Todos, filhos do grande Gideão, libertador de Israel. A ambição pelo poder, faz com que as pessoas foquem em seus objetivos egoístas e para alcança-los, lançam mão de métodos sujos. Seja no ambiente da Igreja – na busca por posições – seja no trabalho – por um melhor cargo. Seja – as vezes – pelo simples sentimento de poder; de ter pessoas nas mãos, para as manipular.

 
O seu crime, foi patrocinado com dinheiro da casa de Baal-Berite. No versículo 46, mostra Abimeleque se voltando contra aqueles que o haviam patrocinado, e agora na mesma casa, que seus patrocinadores estava escondidos, os queima vivos! ‘Berite” significa “aliança”. Ali , era a casa do falso deus, da (falsa) aliança. No fim, manipulados e manipulador, morreram! Uma hora as consequências de se aliar a falso ídolo vem!

 

 

É tempo de parar e pensar o quão puras tem sido nossas ações! E nos perguntarmos se será que estão centradas em Deus mesmo ou na satisfação dos auto-idolos! Uma hora, toda máscara cai!

 

Felipe Rocha

Série Referenciais: Os irmãos Alex e Stephen Kendrick

Kendrick-2

Você provavelmente nunca ouviu falar deles, mas Alex e Stephen Kendrick são dois produtores de filmes cristãos que estão causando estragos em Hollywood. Seus grandes lançamentos como “A Prova de Fogo“, “Desafiando Gigantes” e “Corajosos” já arrecadou cerca de 80 milhões dólares nas bilheterias.

Quem são os irmãos Kendrick?
Em resumo, são homens de Deus, cineastas, pastores, autores e produtores de conteúdos para a família.
No site deles Kendrick Brothers, está claro o objetivo deles em cada filme produzido, livro escrito, etc.

“Nós existimos para honrar a Jesus Cristo e tornar Sua verdade e amor conhecidos entre as nações através de filmes, livros, currículos e palestras. Ao misturar, em espírito de oração, histórias envolventes com integridade doutrinária, procuramos incentivar e inspirar espectadores e leitores com recursos que afetam sua vida espiritual e fortalecem suas famílias e seus relacionamentos pessoais.”

 

kendrick-bros

 

 

Originalmente de Atenas, na Geórgia, os irmãos Kendrick cresceram a noroeste de Atlanta, na comunidade de Esmirna. Filhos de um ministro ordenado e professor da escola, Shannon, Alex e Stephen desenvolveram um amor pelas artes criativas. Como pré-adolescentes, eles começaram a gravar filmes no filme Super 8 mm.

 

 

Depois que seus pais lhes compraram uma câmera de vídeo, os irmãos eram periodicamente repreendidos por ultrapassar os limites do que seus pais julgavam seguro. Esquivando-se de carros, detonando fogos de artifício ou altas quedas resultaram em mais do que alguns quase acidentes e ferimentos leves. Enquanto seus pais nutriam sua paixão pelo cinema, eles também encorajavam seus filhos a estudar as Escrituras Sagradas por si mesmos e desenvolverem um relacionamento pessoal com Deus.

 

 

 

Eles tiveram um começo humilde e o desejo de fazer filmes que honram a Deus. Os cineastas Alex e Stephen Kendrick desenvolveram um amor por cinema quando eles eram crianças.

 

“Quando éramos pequenos não tivemos televisão por um bom tempo, mas nossos pais nos levavam para ver os filmes da Disney e assim nos emocionávamos para fazer filmes algum dia. Fazíamos animações com nossos próprios livros em casa. Fizemos uma pequena animação com uma câmera de 8 milímetros. Acredito que Alex estava na quarta serie nessa época e logo tivemos uma câmera de vídeo quando saíram nos anos 80, por isso tem sido parte de nossas vidas desde o inicio“,disse Stephen Kendrick.

 

alex-stephen-discussion

 

Shannon, o mais velho, formou-se na Georgia Tech e ingressou na IBM. Alex e Stephen receberam os diplomas de comunicação da Universidade Estadual de Kennesaw, freqüentaram o seminário e foram ordenados como ministros. Eles serviram na equipe da Roswell Street Baptist Church em Marietta, Georgia, até 1999, quando Alex aceitou o cargo de pastor associado de mídia na Igreja Batista Sherwood, em Albany, na Geórgia. Dois anos depois, Stephen se juntou a Alex em Sherwood como pastor associado, Pregação e Oração. Juntos, eles continuaram a criar vídeos para apoiar as necessidades do ministério.

 

Durante a entrevista de emprego inicial de Alex em Sherwood, ele compartilhou seu sonho de fazer filmes cristãos completos um dia. Em 2002, Alex se aproximou do pastor sênior, Michael Catt, com a idéia de fazer um filme completo de baixo orçamento como uma extensão para a comunidade. O pastor concordou, desde que Alex cumprisse suas responsabilidades normais e que o dinheiro fosse “limitado”, já que o orçamento da igreja não poderia poupar os estimados US $ 20.000 para produzir o filme.

 

5665ea5ec4a3e.image

 

Criados por pais cristãos, eles são apaixonados por produzir filmes com uma mensagem de fé. A Igreja Batista de Sherwood, na cidade de Albany, Georgia, lhes deu a oportunidade. Os irmãos ajudaram com o ministério de mídia da igreja e agora servem como pastores associados.

“Nós amamos a nossa família da Igreja de Sherwood. Desde o início tem sido um apoio para nós “, disse Stephen Kendrick.

 

 

Após semanas de oração, vários membros da igreja generosamente deram os fundos necessários, e Alex começou a escrever o roteiro de FLYWHEEL (A Virada) – a história de um desonesto vendedor de carros usados que enfrenta sua necessidade de arrependimento e coloca sua fé em Deus. Stephen juntou-se ao esforço, junto com dezenas de voluntários da igreja, e a produção começou em 22 de novembro de 2002.

 
Alex e Stephen rapidamente perceberam que filmar um filme completo era muito mais complexo do que esperavam. Os obstáculos técnicos, o agendamento de conflitos e a edição de contratempos tornaram o projeto muito difícil de ser concluído. A primeira renderização completa da FLYWHEEL (A Virada) foi concluída às 6 da manhã de 9 de abril de 2003, apenas algumas horas antes de sua estréia no Albany Carmike Cinema.

 

 

Com apenas um orçamento mínimo de publicidade, as orações dos irmãos foram respondidas quando os repórteres de TV, rádio e jornais telefonaram. Muitos espectadores admitiram que esperavam ver uma produção embaraçosa, mas saíram inspirados e desafiados pela história. O FLYWHEEL esgotou inesperadamente vários horários de exibição e foi o segundo filme de maior bilheteria das 16 telas do cinema. A resposta emocionou tanto os Kendricks quanto a igreja. Embora o teatro tenha planejado apenas exibir o FLYWHEEL por um final de semana, o filme foi estendido por seis semanas.

 
Sherwood decidiu oferecer o FLYWHEEL em DVD, mas depois de vender todas as 1.000 unidades no primeiro dia, a igreja lutou para acompanhar a demanda. As livrarias cristãs, a Blockbuster Video e os catálogos de filmes solicitaram o FLYWHEEL para seus inventários. O filme foi ao ar em cinco redes de televisão e recebeu sete prêmios do festival de cinema, incluindo o prêmio Gold Crown de Melhor Roteiro da ICVM.

 
Enquanto o FLYWHEEL (A Virada) continuava a se expandir, Alex e Stephen começaram a pedir a Deus por outro enredo de filme. Depois de meses de oração, eles começaram a escrever o roteiro de ENFRENTAR OS GIGANTES – uma história de futebol do ensino médio sobre enfrentar o medo com fé. Os irmãos oraram por US $ 100 mil e uma câmera específica de alta definição para melhorar a qualidade da produção. Sem qualquer levantamento formal de fundos, os indivíduos começaram a doar dinheiro e os recursos necessários para iniciar outro projeto.

 

 

Em maio de 2004, começou a produção de ENFRENTANDO OS GIGANTES, com Alex dirigindo e Stephen produzindo. Os voluntários de Sherwood foram suplementados com cinco profissionais pagos que lideraram as equipes de produção. O empreendimento de futebol foi filmado durante seis semanas usando uma única câmera de alta definição da Panasonic.

 

kendricks

 
Depois de completar a edição em abril de 2005, Alex selecionou GIANTS para vários distribuidores, mas ele não recebeu nenhum interesse por uma versão teatral. Quando as portas de distribuição se fecharam, a equipe de Sherwood orou para que Deus, de alguma forma, fizesse um caminho. Quando Stephen pediu permissão para licenciar uma música do Provident Label Group em Nashville, o presidente da empresa observou FACING THE GIANTS e pediu imediatamente os direitos de distribuição. Provident, em seguida, enviou o filme para sua nova empresa-mãe, a Sony. Dentro de semanas, os grupos se encontraram e se uniram para lançar o filme em todo o país em 441 cinemas em 29 de setembro de 2006.

 

 

A publicidade inesperada ocorreu quando The Drudge Report postou que FACING THE GIANTS havia recebido uma classificação PG por “conteúdo cristão explícito”. Para surpresa de Hollywood, GIANTS superou as expectativas de bilheteria, arrecadando US $ 10,1 milhões em cinemas e vendendo mais de 2,5 milhões de unidades em DVD. Mais uma vez, os irmãos Kendrick e Sherwood ficaram emocionados e apontaram para Deus como a fonte clara de qualquer sucesso. O DVD foi lançado em 57 países e a Sony adicionou o FLYWHEEL (A Virada) ao seu catálogo de vídeos, onde mais tarde se aproximaria de um milhão de unidades vendidas.

 

 

E-mails e telefonemas começaram a chegar às centenas todos os dias, de todo o mundo, enquanto os espectadores respondiam a ENFRENTAR OS GIGANTES. Milhares relataram nova fé em Jesus Cristo e compartilharam histórias incríveis sobre Deus trabalhando em suas vidas. Líderes de negócios, políticos e treinadores de futebol usaram a cena “o rastro da morte” para motivar suas equipes. Sherwood estava sobrecarregado com oportunidades de ministério e contratou pessoal adicional para responder a e-mails e chamadas. Thomas Nelson Publishers se aproximou dos irmãos Kendrick e pediu para publicar as novelizações de FLYWHEEL (A Virada) e ENFRENTANDO OS GIGANTES.

 

cineastas-Alex-Stephen-Kendrick-Hollywood

 

Nos bastidores, Alex e Stephen estavam orando há meses por outro enredo. Deus começou a inspirá-los a escrever um roteiro com tema de casamento chamado FIREPROOF (Prova de Fogo). Em setembro de 2007, com a Provident Films como parceira, a câmera rodou em FIREPROOF usando uma dúzia de profissionais, 1.200 voluntários e um orçamento de US $ 500.000.

 

 

Como um dispositivo de enredo, Alex desenvolveu a idéia de um desafio de 40 dias chamado The Love Dare (O Desafio de Amar). Os editores ficaram intrigados com o conceito, e Alex inicialmente pensou em pedir a um autor conhecido que desenvolvesse o livro. Stephen discordou, acreditando que Deus estava preparando-os para escrevê-lo. Depois que o FIREPROOF foi concluído, os irmãos começaram a pesquisar e criar o The Love Dare como uma ferramenta de ministério para casais. Em 26 de setembro de 2008, a Provident Films lançou o FIREPROOF em 905 cinemas, enquanto a Thomas Nelson Publishers publicou o romance FIREPROOF e a B & H Publishers lançou simultaneamente The Love Dare.

 

 

O FIREPROOF tornou-se o filme mais bem cotado do Yahoo, gerou US $ 33,4 milhões nas bilheterias, e se tornou o filme independente número 1 de 2008. Os irmãos ficaram surpresos quando o livro The Love Dare e o romance FIREPROOF pousou na lista de bestsellers do New York Times. O Love Dare foi # 1 por 14 semanas e permaneceu como Best-Seller do New York Times por quatro anos. O DVD FIREPROOF venderia mais de 3,5 milhões de unidades em 75 países.

 

 

Não surpreendentemente, Sherwood foi inundado com e-mails, ligações telefônicas e visitantes. Milhares de testemunhos chegaram de casamentos sendo salvos e famílias sendo restauradas. Os rendimentos do cinema foram usados para construir um parque esportivo de 82 acres e para financiar o trabalho missionário e a plantação de novas igrejas.

 
No outono de 2008, os irmãos estavam exaustos e o pastor os incentivou a tirar um descanso sabático. No verão seguinte, Deus havia voltado seus corações para a questão vital da paternidade. Após meses de pesquisa, Alex e Stephen escreveram o roteiro de COURAGEOUS (Corajosos) – a história de quatro policiais e as dificuldades que enfrentam no trabalho e em casa.

 

courageous_01cf

 

Em maio de 2010, 28 profissionais e 1.700 voluntários começaram a produção de COURAGEOUS com um orçamento de US $ 1 milhão. Depois de testes positivos, a TriStar Pictures lançou o filme CORAJOSOS em 1.214 cinemas em 30 de setembro de 2011. Com uma mensagem que desafia os homens a conduzir suas famílias com amor, a COURAGEOUS abriu a maior média por tela dos 40 melhores filmes e recebeu uma classificação A + CinemaScore . Gerando US $ 34,5 milhões nas bilheterias, a TriStar expandiu o lançamento para 20 países, onde os telespectadores viajaram até quatro horas para ver o drama baseado na fé. Em janeiro de 2012, o DVD COURAGEOUS foi lançado e se tornou o DVD número 1 em vendas no país.

 
Os irmãos, juntamente com o pastor Michael Catt e vários membros do elenco, começaram a falar em todo o país e em outros países sobre o papel dos homens como líderes espirituais e protetores de seus lares. O autor mais vendido, Randy Alcorn, concordou em escrever a novela/livro para o COURAGEOUS, enquanto Alex e Stephen se concentraram em escrever um livro relacionado chamado The Resolution for Men (A Resolução de Todo Homem, disponível em português).

 

Além disso, pediram a Priscilla Shirer para escrever um livro complementar, The Resolution for Women (A Resolução de Toda Mulher, também disponível em português). Surpreendentemente, todos os três livros apareceram na Lista de Mais Vendidos do New York Times e milhares de homens participaram de grupos de estudo e cerimônias de resolução em todo o mundo.

 

 

Alex e Stephen passaram um ano consultando e ajudando outros cineastas cristãos em seus filmes, e em oração discutiram com o pastor sobre o projeto para mentorear e treinar a próxima geração de cineastas cristãos. Em abril de 2013, o pastor Catt e a igreja deram a Alex e Stephen sua bênção para ir além de Sherwood e expandir seu ministério de cinema.

 

O primeiro passo para expandir a equipe da Kendrick Brothers foi contratar Shannon como diretor de operações de negócios. Kim Sancinito, que se ofereceu como gerente do escritório de produção, foi contratado como assistente executivo. Em novembro de 2013, Brenda Harris, que tinha feito parceria conosco quando trabalhou na LifeWay Christian Resources, se juntou à equipe da Kendrick como associada de comunicação.

 

 
Em 2013, somando-se ao impacto do livro The Love Dare (O Desafio de Amar), os irmãos fizeram uma parceria com a LifeWay Research no LoveDareTest.com, uma avaliação on-line gratuita sobre casamentos e pais, e então concluíram o The Love Dare for Parents (lançado em julho de 2013), um programa de 40 dias. Desafio para ajudar os pais a conquistar o coração de seus filhos.

 

 
Durante o verão de 2013, os irmãos trabalharam duro no roteiro de seu próximo longa-metragem. Através de muita oração, o roteiro foi completado e pela primeira vez, os Kendricks começaram o processo de determinar onde filmar o que chamaram de Filme 5. Deus abriu as portas e deu direção e produção para o Filme 5 começou no final da primavera no Charlotte / Concord , Área da Carolina do Norte.

 

 

alex-kendrick-war-room

 

 

Com dezenas de membros da equipe profissional, 20 estagiários universitários, voluntários de 85 igrejas e um orçamento de US $ 3 milhões, começamos a filmar um filme sobre o poder da oração. Reunimos um elenco que incluía Priscilla Shirer, T.C. Stallings, Karen Abercrombie, Alena Pitts e Michael Jr. Até tivemos uma breve aparição de Beth Moore!

 
Deus orquestrou todos os detalhes quando oramos e confiamos Nele. As filmagens encerradas no final de julho de 2014 e o trabalho de pós-produção começaram em antecipação a um lançamento do outono de 2015 para o Movie 5, WAR ROOM (Quarto de Guerra).

 

 

Em 28 de agosto de 2015, a Sony / TriStar Pictures lançou WAR ROOM em 1.945 cinemas. Deus mais uma vez nos surpreendeu quando o QUARTO DE GUERRA se tornou o primeiro filme do país em seu segundo final de semana! Com uma classificação A + CinemaScore, o WAR ROOM expandiu para mais cinemas e mais de 20 países, gerando mais de US $ 70 milhões nas bilheterias. O romance WAR ROOM do autor best-seller Chris Fabry se tornou um dos favoritos dos fãs em todos os lugares. O Plano de Batalha pela Oração, de Kendricks e Fervent, de Priscilla Shirer, encontrou rapidamente o caminho para a lista de best-sellers do New York Times. WAR ROOM foi lançado em DVD em vários idiomas no final de dezembro de 2015. Para Deus, seja toda a glória e honra!

 

 

Os irmãos Kendrick planejam continuar investindo na próxima geração e produzindo filmes e livros destinados a mudar vidas e honrar a Deus.
O sucesso destas poucos conhecidas produções cristãs, tem feito Hollywood coçar suas cabeças.

 

 

Os irmãos Kendrick dão crédito por suas realizações à oração …

“Cada um de nossos filmes é uma série de milagres onde o Senhor providenciou exatamente o que é necessário, o elenco, equipe, locações, a proteção, o enredo. Assim, quando olhamos para a tela, vemos o corpo de Cristo“, disse Stephen Kendrick.

 
“Nenhuma quantidade de habilidade podem fazer o favor de Deus, por isso precisamos da graça do Senhor, dizendo: ‘quero abençoar este filme’, que o Senhor diga ‘vou fazer coisas que vocês não pode fazer com a sua força‘. O mesmo que fez com Josué, Gideão, Moisés e muitos outros”, disse Alex Kendrick.

 
“O Senhor nos disse para ir além dos muros de Sherwood e pegamos o que aprendemos sob a direção de Michael Cav e com o apoio da igreja, e tentamos impactar o corpo de Cristo nos relacionamos com jovens cineastas cristãos de todo o país que estão aprendendo fazer filmes que honram a Deus “, disse Stephen Kendrick.

 

 

Uma pesquisa recente descobriu mais de metade dos americanos querem mais filmes com valores cristãos. Diz-se que 56% dos americanos quer ver mais filmes cristãos.

Para alimentar a crescente demanda – os grandes estúdios estão dando um salto de fé com épicos bíblicos, como “Noé” – o lançamento do “Exodus” – e uma nova versão de “Ben-Hur”.

 

 

 

Complemento
https://kendrickbrothers.com/about/
http://revista.algomais.com/colunistas/cinema-cristao-conheca-alex-kendrick-por-wanderley-andrade
https://en.wikipedia.org/wiki/Alex_Kendrick
https://www.portalpadom.com.br/cineastas-cristaos-estao-causando-estragos-em-hollywood/
https://en.wikipedia.org/wiki/Stephen_Kendrick
https://en.wikipedia.org/wiki/The_Love_Dare

DEVOCIONAL 93

d93

 

 

Leitura: Juízes 7:1-25

O Senhor disse a Gideão: “Com os trezentos homens que lamberam a água livrarei vocês e entregarei os midianitas nas suas mãos. Mande para casa todos os outros homens” Juízes 7:7

 
MOLON LABE

 

 

430 a.C, Batalha de Termópilas. O império Persa pronto pra pisotear a Grécia. Mas Xerxes cometeu um erro: ordenou que os espartanos entregassem suas armas e se rendessem! Que tolo! Essa frase, Molon labe (μολὼν λαβέ) significa literalmente “vem e toma [de mim]) Xerxes, com seu exército gigantesco (estimativas modernas falam de 300.000 homens) riu-se ao ver os 300 de Esparta! Que erro!

 

 

A história desse juiz é muito conhecida. Tem até uma música gospel famosa sobre os 300 de Gideão! Começaram com 32 mil. 22 mil reconheceram ser fracos e medrosos e voltaram. Sobraram 10 mil. Mas, 9.700 não eram guerreiros; eram figurantes. Apenas trezentos entendiam o que estavam fazendo ali.

 

 

A história de Leônidas e de Gideão, nos lembra de algo muito importante: Deus não se deixa impressionar por números! Na verdade, não foram poucas vezes que na história, grupos pequenos, motivados e decididos, fizeram grande diferença! Por isso, você pode se levantar e lutar contra essa era depravada! Você pode proteger sua família, amar sua esposa e educar seus filhos nos caminhos do Senhor! Você pode cuidar da sua Igreja, se dedicar a grandes causas e propagar os valores eternos do Reino! Somos poucos contra tão grande exército, mas somos guerreiros! E você não está sozinho!

 
E se o inferno (travestido de ideologia, política ou costumes) vier pedir que vive entregue suas armas e se renda, bem… Olhe nos olhos do desafio e resoluto grite: Molon Labe!

 

Felipe Rocha

10 Filmes para o Dia dos Pais

d73

 
O dia dos pais está chegando e como uma forma de celebrar esse dia e estar unindo pais e filhos. Gostaríamos de recomendar alguns filmes sobre as temáticas Paternidade, Criação de Filhos, Pais solteiros, os desafios da paternidade, etc.
Então, se liga nas dicas!

 

1-Corajosos (2011)
Quatro policiais questionam sua fé e seu papel como pais e maridos após uma tragédia que acontece próximo a casa deles. Juntos, eles tomam uma decisão que muda suas vidas.

FHBFEOUWEN

 

 

2-Menina dos Olhos (2004)
Após perder a esposa e o emprego, um profissional bem-sucedido de Nova York é obrigado a voltar a morar com o pai no subúrbio para criar a filha. Com a ajuda de uma jovem, aos poucos ele vai descobrindo o que é realmente importante na vida.

 

padre soltero 2.1

 

3-A Procura da Felicidade (2006)
Chris Gardner enfrenta uma vida difícil. Despejado de seu apartamento, este pai solteiro e seu filho não têm onde morar. Chris consegue um estágio não remunerado em uma firma de prestígio. Sem dinheiro, os dois são obrigados a viver em abrigos, mas Chris está determinado a criar um vida melhor para ele e seu filho.

 

filme-a-procura-da-felicidade

 

4-Depois da Terra (2013)
Há 1000 anos, um cataclismo tornou a Terra um lugar hostil e forçou os humanos a se abrigarem no planeta Nova Prime, morando em naves espaciais. Depois de uma missão, o general Cypher Raige retorna à sua família e ao filho de treze anos de idade. Porém, pouco tempo após seu retorno, uma chuva de asteroides faz com que a nave onde moram caia na Terra. Com o pai correndo risco de morte, o jovem adolescente deverá aprender sozinho a domar este planeta, encontrando água, comida e cuidando do pai.

 

79sgOV7YZk846qwy7g5sarYN08O

 

5-Indiana Jones e a Última Cruzada (1989)
O arqueólogo Indiana Jones embarca em uma missão perigosa e cheia de aventuras para salvar seu pai, o professor Henry Jones, que foi sequestrado por nazistas e para tentar encontrar o lendário Santo Graal, cálice que Jesus teria usado na Última Ceia.

 

indiana-jones-and-the-last-crusade

 
6-Busca Implacável (2008)
Bryan Mills, um ex-agente do governo anterior, está tentando se reconciliar com sua filha, Kim. Mas seus piores medos se tornam reais quando escravos do sexo raptam Kim e sua amiga assim que chegam em Paris para passar férias. Com apenas quatro dias até Kim ser leiloada, Bryan tem de recorrer à cada habilidade que ele aprendeu como agente para resgatá-la.

 

buscaimplacavel1

 

7-Procurando Nemo (2003)
Em seu primeiro dia de aula, esquecendo os conselhos do pai superprotetor, Nemo é capturado por um mergulhador e acaba no aquário de um dentista. Enquanto Nemo tenta bolar um plano para escapar, seu pai cruza o oceano para resgatá-lo.

 

procurando-nemo

 

9-Lição de Vida
A vida de Eli (Miles Elliot) é um pesadelo. Com uma mãe negligente devido ao vício das drogas e um pai ausente, Eli é marcado por profundas mágoas. Ao completar dez anos, após ser agredido pelo pai embriagado, o garoto é levado para o hospital por policiais. O que ele mais desejava era o amor e a aprovação de seus pais, porém, depois do ocorrido, Eli é retirado de sua casa e enviado para um orfanato. Nada tão ruim comparado à única referência que possui de lar.

 

lição de vida

 

Por outro lado. Ken Matthews (Michael Mattera), um consultor de investimentos, tentando impressionar um cliente em potencial, se candidata a conselheiro em um acampamento juvenil e, lá, fica responsável por Eli.

No decorrer desse camping, Ken percebe que sua tarefa não seria tão fácil ao descobrir o passado que transformou Eli em uma criança revoltada. Nesse ponto, Ken terá de fazer uma escolha: desistir de Eli, como todos fizeram, ou restaurar o coração desse menino.

 
10-O Rei Leão (1994)
Este desenho animado da Disney mostra as aventuras de um leão jovem de nome Simba, o herdeiro de seu pai, Mufasa. O tio malvado de Simba, Oscar, planeja roubar o trono de Mufasa atraindo pai e filho para uma emboscada. Simba consegue escapar e somente Mufasa morre. Com a ajuda de seus amigos,Timon e Pumba, ele reaparece como adulto para recuperar sua terra, que foi roubada por seu tio Oscar.

 

 

11-O Campeão (1979)
Um ex-campeão de boxe está afastado da carreira devido ao alcoolismo. Ele decide voltar aos ringues para satisfazer a vontade do filho, que sempre o considerou um verdadeiro campeão e deseja vê-lo lutando outra vez.

 

O CAMPEAO

 
12-O Amor de Um Pai (2010)
Ainda jovens, John e Kathy formam o par perfeito. Mas o futuro promissor do casal é surpreendido com uma gravidez não planejada. No entanto, assim que o bebê nasce, Kathy abandona o namorado e o filho. Agora, John precisa estudar, trabalhar e ser pai e mãe de um recém-nascido.

 

140f23040038d34f840b3bb9672ae194_XL

 

13- Um Lar Verdadeiro (2016)
Ir de um lar adotivo para outro, por vários anos, fez com que Mason Jones (Patrick Davis) se sentisse rejeitado e sem amor. Aos 17 anos, ele vai morar com os Lewis (Pete Freeland e Robyn Lively), mas imagina que sua nova família será como todas as anteriores: composta por um casal de meia-idade, que se sentiu chamado por Deus para uma mudança de vida, e uma criança.

Ao contrário dos outros pais adotivos que Mason teve, esse casal está determinado a mantê-lo em seu lar. No entanto, o filho do casal, Nate, vê o fato da adoção do rapaz como uma tentativa dos pais de preencher o vazio deixado com a morte de seu irmão, Jack.

Sem opção, preso em um centro de detenção juvenil, Mason começa a frequentar um grupo de apoio em cumprimento a um mandado judicial. Lá, ele encontra na filha do pastor, Lacey (Jeannette Grout), uma aliada e aprende importantes lições de vida sobre humildade, respeito e recomeços.

 

ghiunlk

 

14- A Fé de Nossos Pais (2015)

assistir_filme_a_fc3a9_que_nos_une_dublado

 

Durante a Guerra do Vietnã, dois soldados escrevem cartas diárias a seus filhos, ainda crianças. Anos depois, por um golpe do destino, os filhos se encontram e embarcam em uma viagem, descobrindo o passado heroico de seus pais.

 

 

15- Uma Questão de Fé (2014)

 

bqwpOTbKEiEZdtMiya1bSSSN7CJ
A crença de uma aluna cristã é abalada durante as aulas de biologia, mas seu pai entra em cena para impedir que ela abandone a fé.

 

São várias as opções para celebrar esse dia junto com seu pai.

 

 

Em Cristo Jesus,
Filipe Paulo Christian

Nossa Visão – Levar todos os homens a alcançar seu máximo em Cristo Jesus. Até chegarmos a estatura do varão perfeito, que é o Nosso Senhor e Salvador Jesus!

%d blogueiros gostam disto: