Relacionamentos que Afiam (Parte 1)

top-ferreiro

 

Texto-Bíblico: Provérbios 27:17

Homens até quando permaneceremos fechados em nossos mundos?

Nos isolando, fugindo ou rejeitando preciosa e transformadora comunhão com outros homens cristãos. Perdemos tanto, por rejeitar a comunhão de homens salvos. Amados, pouquissimos seres vivos vivem isolados entre si e do resto da natureza. Porém, nós humanos não fomos criados assim por Nosso Deus.

Todo ser humano, homem ou mulher, criança, adulto ou idoso, de qualquer cultura e lugar da terra precisa de amigos. Mais poucas amizades nos são tão necessárias, falo com isso daqueles amigos que nós homens precisamos muito, mesmo que não demos o devido valor. São amigos que exercem em nossas vidas, conforme o Sábio Salomão, o trabalho de um ferreiro em nosso caráter e vida.

Hoje em dia, com as redes sociais e a internet ficou mais “fácil” termos muitos ‘amigos’, mas também por causa da mesma tecnologia (junto com outros fatores, claro) vemos pessoas conectadas a pessoas distantes e, desligadas de pessoas que estão tão perto delas, como suas famílias e amigos próximos. E como grande consequência disso, os relacionamentos até mesmo entre familiares se torna superficial e sem qualidade alguma em qualquer sentido.

Se Você tem mais de 30 anos, faça uma breve reflexão de como eram os relacionamentos com família, amigos, vizinhos, colegas de trabalho ou escola, etc. Na sua época de infância e, compare com os tempos atuais em que vivemos.

Mas não está tudo perdido, ainda existem homens que são e desejam em suas vidas o ‘trabalho de um ferreiro’. Vale a pena Orar e buscar com o auxílio de Deus, esses amigos para nossas vidas.

O provérbio também indica a necessidade de comunhão um com o outro. O homem não foi feito para ser sozinho, pois não disse isso o Senhor Deus mesmo antes da Queda (Gênesis 2:18)? Ainda mais, depois da Queda do homem, precisamos nos unir com nossos irmãos e irmãs em Cristo para momentos de comunhão e oração. Claramente, isso foi reconhecido pelos santos da igreja primitiva (Atos 2:42-47), os quais “perseveraram” no ensino, comunhão e nas orações – todas as atividades corporativas que forneciam oportunidades para afiar um ao outro. O resultado foi que eles estavam “cheios de temor” e quando se reuniam, louvavam a Deus pela graça que encontraram entre si.

Em diversas vezes, veremos no Novo Testamento, a seguinte frase: “… uns aos outros.” E sempre que lemos, ela nos fala de relacionamento. De diversas formas: Orar, confessar pecados, cuidar, amar, encorajar, ensinar, exortar e repreender e, tantas outras coisas que devemos e podemos fazer uns pelos outros. No corpo de Cristo vemos o dito “Um por todos e, todos por um” se cumprindo. E é em meio a essa ‘atmosfera’ ou cultura do Reino e, não da terra que seremos edificados e transformados até a estatura do Varão Perfeito – a saber, Cristo Jesus.

Em Cristo Jesus, Filipe Paulo Christian

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s