NÓS SOMOS O PLANO

Por-que-Arquitetos-tem-que-estudar-muito-maisde-Arquitetura

Todo mundo tem problemas – dinheiro, significado, casamento, filho, trabalho, saúde, vícios e ídolos, e assim por diante. As pessoas estão se perguntando:

Deus sabe o que estou passando?

Ele se importa?

Ele tem o poder de fazer alguma coisa sobre isso?

Como Deus providencia para resolver esses problemas? Fazer discípulos é a maneira designada por Deus de liberar o poder de seu evangelho em cada problema que enfrentamos.

Então o que deveríamos fazer?

Em qualquer ponto você e eu estamos “se tornando” ou “fazendo” discípulos. Há estações para ambos, e eles muitas vezes se sobrepõem.

Às vezes, estamos espiritualmente desidratados e precisamos preencher nosso relacionamento com Jesus. É por isso que precisamos estar ativamente envolvidos em uma igreja, lendo e meditando na Palavra de Deus para nós mesmos, e estando em comunhão juntos com alguns outros em um pequeno grupo. É assim que “nos tornamos” discípulos.

Mas quando estamos cheios do transbordamento em nosso relacionamento de Jesus, então é hora de se reproduzir. É hora de “fazer” discípulos.

Não temos que ser estudiosos ou pastores ou pregadores para “fazer”.

Considere o meu amigo Victor, um cidadão americano nascido em Honduras, que tem um fardo para a América Central. Eu escrevi em Como Deus Faz Homens como ele foi em uma viagem de missões para sua terra natal. Sua equipe viajou para várias aldeias de montanha, a maioria dos quais não tinha eletricidade. Eles tiveram que usar um gerador para utilizar seus laptops e projetor.

 

Em uma aldeia hondurenha, trinta e quatro homens se reuniram para um seminário masculino. O pastor ficou espantado porque ninguém podia se lembrar que muitos homens se uniram por uma razão espiritual na história daquela aldeia. Nessa região, uma igreja normalmente tem apenas dois ou três homens e o resto são mulheres.

Nessas aldeias remotas, os homens não respeitam as mulheres. Os pais rotineiramente abusam de seus filhos, tanto física como verbalmente. Contra esse pano de fundo, Victor falou a esses homens sobre o que significa ser um homem piedoso, marido e pai.

E então algo bonito aconteceu. No dia seguinte, as esposas vieram ao pastor e disseram: “Eu não posso deixar de dizer que uma mudança aconteceu em apenas vinte e quatro horas.”

Três meses depois, uma visita àquela aldeia descobriu que o número de homens que atendiam aos seus sete pequenos burros tinha dobrado, e 150 homens estavam servindo a Deus e fazendo ministério. Muitos desses homens têm que caminhar três horas em trilhas de montanha perigosas para chegar ao local de encontro.

E tudo começou com um fardo. Deus chamou Victor para entrar em um vácuo de conhecimento sobre Deus e discipular cada um desses homens hondurenhos como ser um homem piedoso, marido e pai.

Vocês podem imaginar quão felizes serão aquelas esposas e filhos nas próximas décadas, porque este homem foi fiel não apenas “tornar-se” discípulo, mas “fazer” discípulos?

A maior missão a que podemos aspirar é ser discípulo discípulo. Nós somos o plano.

Patrick Morley

Artigo traduzido e publicado com a devida permissão do autor.

Link do artigo em Inglês, abaixo

http://patrickmorley.com/blog/fbe02ba0-6e35-432e-bdc8-d66c9662ac06

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s