Preste atenção em seus filhos!

pai_e_filha

Texto-Bíblico: Efésios 6:4

Recentemente, ficamos conhecendo um pouco mais sobre a realidade do aumento do suicídio entre adolescentes e jovens tanto em nosso país, quanto no mundo todo. Especialmente pelo recente lançamento da série 13 Reasons Why e do jogo O desafio da Baleia Azul, o que destaca além do suicídio, questões como por exemplo depressão, assédio sexual, estupro, bullyng, traumas na infância, etc.

Cada uma dessas questões e problemas se relacionam entre si, podendo levar a diversos outros problemas tanto a nível pessoal, quanto a nível coletivo. E a primeira forma de defesa, socorro e apoio que este jovens e adolescentes podem e devem ter sempre presentes em suas vidas deve vir por parte dos pais, assim como seus professores, pastores e líderes cristãos devem igualmente se informar a respeito e buscar maneiras de se prevenir e combater esses males, doenças e problemas que são sérios e precisam de ajuda.

 

Esse artigo se destina primeiramente aos pais ou familiares de jovens e adolescentes, pois essa é a fase mais difícil emocionalmente falando, devido ao início da puberdade, primeiras experiências amorosas e sexuais, decisões importantes a serem tomadas, a busca por aceitação social, etc.

Eis abaixo alguns conselhos importantes aos pais e familiares:

– Conheça bem os amigos ou amigas de seus filhos (as).

– Crie seus filhos, dedique-lhes tempo de qualidade. Focado nele e não em seu celular ou TV.

– Desligue a rede Wi-Fi de sua casa após as 22h. Não a deixe ligada durante a madrugada ou horário em que você esteja dormindo;

– Vá a escola/faculdade de seus filhos, saber como está o desempenho escolar deles, conversar com os professores sobre o comportamento em sala de aula e dentro da instituição de ensino e conhecer as amizades que eles possuem na escola;

– Converse com seus filhos, desenvolva e fortaleça a sua amizade e relacionamento com eles. Use todos os recursos possíveis para alcançar esse objetivo: ligue pelo menos uma vez no dia, procure saber como foi o dia deles e como eles estão, vão passear juntos (restaurante, cinema, praia, visitar parentes, etc.)

– Converse sobre qualquer e todo tipo de assunto com seus filhos. Afinal de contas, ou eles podem aprender com você, ou eles aprenderão com os amigos, a internet e a TV. E AI QUAL VOCÊ PREFERE?

– Incentive seus filhos a participarem das atividades de sua igreja, como por exemplo: culto jovem, retiros e acampamentos, discipulado, etc;

– Torne seu lar, um ambiente alegre e feliz. Para isso, existem diversas formas de tornar sua casa um lugar do qual seus filhos anseiem voltar para casa no final da aula, após o estágio, etc. Pode ser através da realização do culto doméstico, da conversa particular com seus filhos para saber como eles estão e conversar sobre diversos assuntos, celebrem juntos cada conquista, limite o tempo de vocês com a TV e a Internet, etc;

– Nada de SmartPhones, TVs, Notebooks, Tablets no quarto dos seus filhos. O perigo pode encontrar caminho aberto em sua casa por esses meios;

– Mantenha-se sempre vigilante. Melhor ter um pouco mais de cuidado agora, do que só lamentar pelo o que não fez depois;

– Se informe e converse com outros pais sobre assuntos como depressão,

– Pense e reflita sobre essas perguntas:

Quem são os amigos dos seus filhos?

Como eles estão na escola/faculdade?

Qual foi a última vez que vocês conversaram aberta e francamente sobre qualquer assunto?

O que eles fazem na Internet? O que curtem e compartilham com os amigos?

Do que seus filhos mais gostam? Desenhos, filmes, livros e músicas?

 

Não pretendo oferecer um guia definitivo ou exaustivo em favor dos pais, mas desejo através dos nossos artigos e vídeos oferecer conselhos, dicas e observações que podem lhes ajudar. Mas recomendamos que procurem sempre a ajuda profissional de especialistas, como médicos, psicólogos e psiquiatras. Bem como o auxílio e orientação espiritual por parte de seus pastores e líderes eclesiásticos.

Homens, lembrem-se que além de causas e fatores sociais, físicos, emocionais e financeiros que podem contribuir com o suicídio de jovens e adolescentes. Ainda existem dois fatos importantes, nossa natureza depravada e um inimigo espiritual maligno que luta todos os dias contra cada ser humano na face da terra, especialmente contra a vida e famílias daqueles que servem ao Senhor Deus.

Informem-se, leiam muito a respeito desses assuntos, conversem com seus filhos, irmãos e alunos. Mais acima de tudo, orem em favor da vida de cada um dos nossos jovens e adolescentes.

Em Deus e na Sua Santa Palavra, busquem orientação e direção para terem o devido cuidado e acompanhamento da vida dos seus filhos.

 

Em Cristo Jesus,

Filipe Paulo Christian

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s