DEVOCIONAL 28

Amigos-se-Ajudando-600x288

Leitura: Jó 30.25-31 “Acaso, não chorei sobre aquele que atravessava dias difíceis ou não se angustiou a minha alma pelo necessitado? Aguardava eu o bem, e eis que me veio o mal; esperava a luz, veio-me a escuridão”
Jó 30. 25, 26

AO CONTRÁRIO

A vida do cristão, sempre é marcada por uma história, que poucos entendem – talvez ninguém. Nem ele próprio!
Quando entendemos que, fomos comissionados por Deus, para obras que o glorifiquem, torna-se natural – e não só mais ‘esperado’ – o nosso cuidado com outras pessoas. Não raro, veremos irmãos nossos, que não estão em condições financeiras boas, e mesmo assim, tirando do que não tem, pra abençoar outras pessoas.

Quantas vezes, doamos noites pra que outros as durmissem por nós! Quantas vezes, entregamos nossos ombros, pra que cabeças cansadas tivessem repouso. Quantas vezes choramos perdas que não eram nossas.
E mesmo depois de tudo isso – que registre-se, fizemos de coração aberto – o nosso mundo desaba! Tudo acontece bem ao contrário do que esperávamos! Sentimo-nos como, sendo, uma pequena vela acesa em meio a um deserto escuro!
Nesse momento em que tudo parece sem sentido, a única forma de encontrar alegria em meio ao caos, é olhar pra Cristo, e se lembrar do caráter pedagógico da dor: mortifica-nos a carne e nos leva a deleitar-mo-nos na Graça de Jesus! Ela (e só ela, nos basta!)

Felipe Rocha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s