Deus favorece os meninos em vez das meninas?

Parenting

 

Feliz sexta-feira. Encerramos a semana com esta pergunta em nossa caixa de entrada de e-mail: “Pastor John eu sou uma mãe de três meninas doces, e meu marido e eu as amamos muito. Estamos esperando um quarto filho (a). Nós vivemos na Índia, onde um garoto é preferível a uma garota. Muitos cristãos ao nosso redor nos dizem que estão orando para que tenhamos um menino agora. Um pastor que conhecemos nos contou a história de que ele foi uma noite inteira a uma montanha para orar por um filho e mais tarde ele recebeu um filho. Nós valorizamos uma garota da mesma forma que um menino. Meu marido acha que é especial ter um menino também, alguém que carrega nossa linhagem familiar, e na Bíblia um homem foi pedido em oração e dado (como Samuel).

 

“Mas é certo preferir  pedir a Deus um gênero específico ou deveríamos simplesmente confiar na soberania e bondade de Deus, para nos dar o que ele acha que é certo para nós? Ou devemos ser persistentes em nossas orações por um menino? Orar por um garoto me faz sentir às vezes eu quero menos uma menina e ficaria menos feliz em recebê-la. E na Bíblia há uma bênção especial ou herança para um menino, que uma garota não pode ter? ”

 

Bem, eu ouço duas perguntas distintas e muito boas. Número um: Existe uma base bíblica para algum tipo de bênção especial ou herança para um menino que uma garota não pode ter? Esse é o número um. Número dois: É certo preferir ou pedir a Deus um menino ou uma menina a qualquer momento?

 

Então deixe-me dar o primeiro primeiro, porque eu acho que é de longe o mais fundamentalmente importante e é isso que eu quero fazer é estabelecer algumas fundações. Porque, é claro, há apenas efeitos enormes e assassinos de preferir garotos a garotas em todo o mundo por causa da forma como o aborto é usado para se livrar das garotas e assim por diante. Assim, nós, como cristãos, precisamos profundamente, estabelecer biblicamente a origem, propósito e o valor da feminilidade. Então, eu vou para lá mesmo que seja um pouco mais profundo do que esta pergunta foi feita.

 
Deixe-me começar com o Gênesis, onde todos esperariam que eu começasse. “Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus ele o criou; homem e mulher os criou ”(Gênesis 1:27). Portanto, havia uma harmonia original, pois tanto o homem quanto a mulher desfrutavam do favor de Deus e do privilégio extraordinário de estar na própria imagem de nosso Criador. E nessa condição pacífica de pré-queda, havia uma harmonia de papéis complementares que então, no outono, foram arruinados. A imagem não foi destruída, mas foi danificada. E parte do dano dessa imagem é como nossos papéis uns com os outros são tão conflitantes hoje que é muito difícil encontrar nossos papéis em relação um ao outro, agora que o pecado entrou no coração de toda mulher e de todo homem.

 

Aí vem um segundo texto crucial sobre o lugar, o destino e a dignidade da mulher. Isto é de 1 Pedro 3: 7: “Maridos, vivam com suas esposas de maneira compreensiva mostrando honra para a mulher como o vaso mais fraco” [que não é um juízo de valor, que é apenas uma declaração de fato: fisicamente mais fraca] vocês são herdeiros da graça da vida ”. Isso é surpreendente.

E em 1 Pedro o termo “graça” – é claro o que isso significa – e “a vida” é eterna, esta é a graça de herdar a vida eterna. E o estresse nessa cultura que foi provavelmente mais chocante do que a nossa, é que você vive, cara – Sr. Marido – você vive com uma mulher que está destinada a herdar o mundo, porque é isso que você é prometido em Cristo. Ela será uma rainha do universo e você dormirá na mesma cama com esse ser maravilhoso. Então, acorde com a realidade do que você está lidando aqui. É por isso que ele diz assim, eu acho.

 

E depois há mais um. Este é realmente surpreendente para as pessoas a maneira como Paulo sublinha a herança igual da mulher e do homem, porque é certo em um lugar onde eles pensam que ele está fazendo o oposto. Então, isto é Gálatas 3:26, onde Paulo diz: “Em Cristo Jesus, todos são filhos de Deus pela fé”. Agora, muitas mulheres têm suas costas aqui. Tipo, “Ei, você está me deixando de fora, porque estamos dizendo filhos em vez de filhos e filhas”. Entenda isso. Quando Paulo diz às mulheres na Galácia: “Vocês são todos filhos de Deus”, o que ele está dizendo é que filhos naquela cultura e em muitos lugares hoje tinham o direito de primogenitura ou o privilégio de herdar e as filhas não tinham.

 
Eu estou lhe dizendo: “Vocês são filhos”. Entenda isso, mulheres? Eu estou lhe dizendo: “Vocês são filhos de Deus. Você herdará a maneira como um filho herda de um pai ”. Se cegarmos aqui esse problema de tradução e traduzirmos“ filhos e filhas ”, perderá todo o seu poder para dizer às mulheres:“ Você é igual a um filho. Quando eu te chamo de filho, estou dizendo que você herdará. ”

E assim ele continua assim:“ Porque muitos de vós [homens e mulheres] como foram batizados em Cristo, vestiram a Cristo. Não há judeu nem grego, nem escravo nem livre, nem macho nem fêmea, pois todos são um em Cristo. E se você é de Cristo, então você é filho e herdeiros de Abraão [porque todos vocês são filhos] de acordo com a promessa ”(Gálatas 3: 27–29).

Assim, as mulheres herdam as promessas de Abraão tanto quanto os filhos. Esse é o ponto de partida bíblico. Existem diferenças, claro, no que filhas e filhos farão na vida. Ela será capaz de ter filhos. O filho não poderá ter filhos. Então isso é uma benção que ela tem e que ele não terá. Ele será capaz de gerar filhos e levar uma esposa e família que ela não poderá fazer como mulher. Há diferenças no que você pode ser e fazer por causa da sexualidade, mas a questão maciça e importante é que homens e mulheres têm uma herança comum à imagem de Deus e em valor diante de Deus e no destino da herança de Deus.

 

Agora a questão é: você pode orar por um ou outro? Você deveria preferir um ou outro? E eu aprecio muito a pergunta porque acho que todo mundo que tem filhos tem que perguntar isso. E eles perguntam se eles dizem isso em voz alta ou não, porque você está se perguntando: o que vamos ter? E o que você gostaria de ter e devo pedir a Deus para influenciar esse processo? E quando você tem duas garotas, você deveria pedir um menino? E nós tivemos quatro meninos. Devemos pedir uma garota? Ou nós tivemos um menino. Devemos pedir uma menina e depois outra pedir uma menina e depois outra pedir uma menina e depois outra? Ou não deveríamos?

 

E então aqui está a minha resposta: Há perigos e há mandados para orar dessa maneira. Os perigos são – apenas mencionar um casal – que você pode orar por um filho ou uma filha pelas razões erradas. Seria errado orar por um sexo porque você não valoriza o outro de uma maneira bíblica. Isso seria errado e isso é verdade em todo o mundo para muitas pessoas.

 

Seria errado orar por um ou outro por razões meramente terrenas ou egoístas como, preciso de mais ajuda na cozinha. Ou precisamos de mais ajuda na fazenda. Eu apenas acho que esses tipos de meramente – e a palavra meramente é importante – meramente egoístas, razões terrenas seriam erradas. E então temos que nos guardar. Se vamos orar, melhor orar com muito cuidado.

 
E um segundo perigo são as feridas que poderiam vir a uma criança se a criança sentisse: “Eu não fui procurada. Eles queriam uma menina e eu sou um menino ou eles queriam um menino e eu sou uma menina ”. Esse é um perigo que todo pai precisa ser muito, muito alertado.

 

Mas não há apenas perigos, existem mandados. Eu acho que é um bom desejo dado por Deus que uma mãe tenha um tipo único de desejo de uma filha e um pai terem um tipo único de desejo por um filho. E parte disso é que ambos querem – e querem, com razão – construir nesta criança algo que Deus fez com eles para serem como aprenderam a ser mulher ou homem.

 

Uma mulher passou toda a sua vida aprendendo o que significa ser uma mulher piedosa. Ela adoraria construir isso em uma garotinha que cresce para ser uma mulher piedosa. E um homem passou toda a sua vida tentando descobrir o que significa ser um homem para Deus e ele adoraria construir isso em um filho. Esses são bons desejos. E querer que um ou ambos não estejam errados.

 

Um segundo mandado seria que pode haver algumas configurações na vida em missões ou em dificuldades únicas de um perigo genético, digamos, se você soubesse que uma garota tinha uma propensão genética única que o garoto não teria ou alguma coisa nesse sentido que você diria a Deus: peço que me dê um filho ou uma filha. Portanto, minha conclusão é: testem suas motivações pelas Escrituras e perguntem a Deus de acordo com o desejo do seu coração e deixem claro a Deus, ao seu cônjuge e a todos os filhos: Nós amaremos o dom de Deus para nós – incapacitados ou capazes, homens ou mulheres Vivendo por muito tempo ou vivendo curto – nós amaremos o presente de Deus para nós com todo nosso coração e acreditaremos que Deus sabe melhor.

 

 

John Piper (@JohnPiper) é fundador e professor de desiringGod.org e chanceler do Bethlehem College & Seminary. Por 33 anos, ele serviu como pastor da Igreja Batista Belém, Minneapolis, Minnesota. Ele é autor de mais de 50 livros, incluindo Desiring God: Meditações de um hedonista cristão e mais recentemente Exultation Expository: Christian Preaching as Worship.

 

Autor: Pr. Jonh Piper

Traduzido por Filipe Paulo Christian

Fonte Original:
https://www.desiringgod.org/interviews/does-god-favor-boys-over-girls

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s