Arquivo da categoria: Crescimento Espiritual

Cara, Onde Está Sua Noiva?

 

hdbebpueipde

Quando prego em diferentes lugares, uma das perguntas geralmente feita por mulheres, jovens em particular, é mais ou menos esta: “O que acontece com os homens?”

Não são mulheres zangadas. Sua pergunta é mais triste do que petulante. Não tenho muita certeza por que elas fazem essa pergunta. Talvez porque acabaram de ler meu livro, Faça Alguma Coisa (Just Do Something), e imaginam que as entendo, ou talvez pensem que eu posso ajudar. Geralmente logo depois fazem outro comentário para me exortar: “Por favor, fale aos homens da nossa geração e diga-lhes que sejam homens.”

Elas estão se referindo ao casamento. Conheci dezenas de jovens mulheres, tementes a Deus, em diversos lugares, que perguntam: “Para onde foram os homens ‘casáveis’?” Muitos comentaristas — cristãos e outros — percebem uma tendência entre os homens jovens; isto é, que eles não estão amadurecendo. Recentemente o artigo de William Bennett na CNN “Por que os Homens Têm Problemas” (Why Men Are in Trouble) chamou muita atenção. O ponto alto está resumido na sentença final: “Chegou a hora dos homens serem homens.” Parecem até palavras bíblicas (1 Coríntios 16.13).

Virtualmente cada pessoa solteira que eu conheço quer se casar. E mesmo assim, leva cada vez mais tempo o adiamento do casamento. Os padrões culturais têm algo a ver com isso. A economia ruim também não ajuda. Mas existe mais alguma coisa que confunde. Visite qualquer igreja e você vai conhecer mulheres cristãs atraentes, inteligentes, maduras que querem se casar e praticamente nenhum homem para cortejá-las. Geralmente essas mulheres estão em cursos de pós-graduação e podem até estar iniciando uma carreira. Mas não são feministas. Estão ansiosas para abraçar o papel de esposa e mãe. A maioria das mulheres que conheci não despreza o papel de ajudadora. Parece que simplesmente não existem muitos candidatos por aí.

 

O que está acontecendo? Por que existem tantas jovens mulheres solteiras, com formação universitária, que levam a sério o cristianismo, comprometidas com a igreja, mulheres bem resolvidas que não encontraram um companheiro, e não vêem quaisquer possibilidades no horizonte?

Talvez as mulheres tenham padrões inatingíveis. É uma possibilidade em algumas circunstâncias. Tenho certeza de que há alguns rapazes lendo isto e dizendo: “Eu tenho cortejado essas jovens, Kevin! E elas me desprezaram.” Algumas mulheres talvez estejam esperando um Príncipe Encantado. Mas na minha experiência esse não é o grande problema. Padrões exagerados? Não geralmente. Alguns padrões? Com certeza!

Em outros casos, algumas mulheres talvez estejam tão ansiosas para se casar que tornam nervosos os candidatos que demonstram algum interesse. Existe uma linha tênue entre antecipação e desespero. Os homens não dispostos a discutir detalhes do casamento após o primeiro encontro… Eles entram em pânico — e ficam bem assustados.

Esse caminho de solteirice prolongada é um caminho de duas mãos. Mas penso que o problema reside principalmente nos homens. Ou pelo menos, sendo homem posso identificar os problemas dos homens mais depressa. Vejo duas situações.

Primeira, os homens cristãos que são “bons rapazes” precisam ter um pouco de — qual é a palavra que estou procurando — de ambição. Os pastores, em algum ponto, têm ralhado contra o vídeo games. Mas o problema não está realmente nisso, mas o que isso pode representar (mas nem sempre). É o quadro de um rapaz com 20 e poucos ou 30 e poucos anos que não parece querer nada da vida. Talvez tenha um emprego. Talvez more ainda com seus pais. Essas coisas estão fora de controle. Há uma diferença entre um indivíduo que está se esforçando para conseguir alguma coisa e outro que parece satisfeito em assistir filmes, comer pizzas congeladas em um minúsculo apartamento, assistir futebol 12 horas no sábado, aparecer na igreja durante uma hora no domingo e, então, voltar para casa a fim de assistir mais futebol.

Não acho que as mulheres jovens estejam esperando um “Príncipe Encantado”,  que já tenha duas casas, três carros e uma personalidade como a de Dale Carneggie. Simplesmente querem um homem com alguma substância. Um homem que tenha planos. Um homem com alguma profundidade intelectual. Um homem que tome iniciativas e saiba conversar. Um homem que tenha consistência. Um homem que leve a serio o seu trabalho e não brinque com a sua fé. Um homem com um pouco de vontade de ter sucesso na vida. Um homem que possam imaginar sustentando uma família, orando com os filhos na hora de dormir, cortando a grama no sábado, e disposto a levar a família à igreja aos domingos. Onde estão os garotos que querem se transformar em homens?

A segunda situação talvez seja simplesmente que não tenhamos bastante homens na igreja. Talvez o problema maior não seja com os simpáticos rapazes cristãos que não têm ambição, nem maturidade e compromisso. Talvez tenhamos muitos homens assim na igreja, mas estejam todos casados e não têm muitos irmãos andando por aí. Não sei qual é o problema maior, a falta de homens bons ou a falta de homens em geral. Talvez haja uma combinação das duas coisas. A igreja precisa educar os rapazes que tem. E com “educar” não quero dizer “dar um polimento” e integrá-los em um ministério para solteiros para escolher uma companheira. Eu não creio que a maioria dos cristãos solteiros esteja à procura de uma comunidade cristã cheia de intrometidos. Mas uma igreja cheia de homens piedosos, envolvidos, respeitáveis e respeitados, maduros. É um projeto que vale à pena iniciar.

Portanto, o que se pode fazer a respeito de um grupo cada vez maior de mulheres solteiras? Quatro coisas me vêm à mente.

Todos devem orar. Orar para receber o cuidado providencial de Deus, crendo que a piedade com alegria é um dom. Se você é solteira, ore mais por um tipo de cônjuge que você deve ser do que o tipo de cônjuge que você quer ter. Ore também pelos casais e famílias da sua igreja. Se você é casada, ore pelas pessoas solteiras de sua igreja, pelos que nunca se casaram e aqueles que estão divorciados ou viúvos. Todas as pessoas devem orar para começar a servir o Senhor agora, não importa qual seja o estágio da vida em que se encontra ou deseja estar.

Mulheres, não se fixem na busca de um compromisso cristão sólido no casamento, mas certifique-se que sua lista de exigências não exclua a todos os homens, exceto o “Sr. Perfeito”.

Igrejas, não transformem a igreja numa imensa caverna de homens ou de machismo, mas pensem por que sua igreja foi desnecessariamente emasculada. Vocês desafiam e exortam? Vocês cantam hinos a Jesus que os homens possam cantar com sinceridade? A “comunhão” na sua igreja sempre focaliza atividades nas quais os homens tipicamente não se qualificam como ficar sentado e falar sobre seus sentimentos: Sua igreja pretende especificamente discípular os homens — particularmente homens jovens no colegial ou na faculdade? Agarre-os enquanto jovens e os faça crescer na adolescência e não mais tarde.

Homens, vocês não precisam ser ricos e não precisam escalar posições de liderança. Vocês não precisam ter carros e deixar a barba crescer. Mas chegou a hora de tomar uma pequena iniciativa — na igreja, na sua carreira e com as mulheres. Parem de dar voltas e procurem um alvo. Provavelmente é uma boa idéia parecer um pouco mais com o seu avô e um pouco menos com o Capitão Jack Sparrow. Menos ainda com o Peter Pan. Dêem provas de ambição piedosa. Assumam alguns riscos. Parem de namoricar e — se Deus não o estiver chamando para um serviço celibatário — comecem a procurar uma esposa.

 

Traduzido por: Yolanda Mirdsa Krievin

Do original em inglês: Dude, Where’s Your Bride?.

Autor Kevin DeYoung

O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

O SENHOR ESTÁ COM VOCÊ

amazinggrace_feat

Nada exceto a Escritura …

Em seu coração um homem planeja seu curso, mas o Senhor determina seus passos (Provérbios).

Para o homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua. Todos os caminhos de um homem lhe parecem inocentes, mas os pensamentos são pesados ​​pelo Senhor. Consagre ao Senhor tudo o que fizer e seus planos serão bem-sucedidos (Provérbios).

O medo do homem provará ser um laço, mas aquele que confia no Senhor será mantido seguro.

Confie no Senhor com todo o seu coração e não se incline em seu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele dirigirá o teu caminho.

Não temas. Eu superei o mundo (João 16:33).

Não se preocupar com nada. Em vez disso, orar sobre tudo.

Não se preocupe com o que você vai comer ou o que você vai vestir, pois o Senhor Deus sabe que você precisa dessas coisas (Mateus).

Não tenhais medo do desastre súbito ou da ruína que ultrapassa o ímpio, porque o Senhor será a vossa confiança e ele guardará o vosso pé de ser enredado.

Buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e tudo o que necessitares será acrescentado a vós (Mateus 6:33).

Não se preocupe com o amanhã, pois o amanhã cuidará de si mesmo. Cada dia tem problemas suficientes (Mateus 6:34).

Os olhos do Senhor buscam em toda a terra para fortalecer aqueles cujos corações estão plenamente comprometidos com ele.

Por causa disto podemos dizer …

Meu pior dia com Jesus foi infinitamente melhor do que o meu melhor dia sem Ele.

Patrick Morley

Publicado e traduzido com a permissão do autor.

Link do artigo em Inglês, AQUI!

MENSAGEM DE JULIAN BARNES

blogueiro-dicas-para-blogueiros-iniciantes.-boyestilo

O ateu Julian Barnes começa famosamente seu livro Nothing to Be Frightened Of com as palavras, “Eu não acredito em Deus, mas sinto falta dele.”

Não há dúvida de que essa é a angústia de que Santo Agostinho estava falando quando disse: “Tu nos fizeste para ti mesmo, eo coração do homem é inquieto até que ele encontre o seu repouso em Ti”.

Blaise Pascal deu um passo adiante quando escreveu: “Há um vácuo em forma de Deus no coração de cada pessoa, e não pode ser preenchido por qualquer coisa criada, mas apenas por Deus, tornado conhecido por Jesus Cristo”.

Pedir a Jesus para preencher o vácuo em meu coração inquieto facilmente classifica como a melhor decisão única da minha vida, e não há outra melhor.

Mas eu não vou mentir. Seguir Jesus foi difícil. Meu amigo Ken Moar e eu muitas vezes dissemos em nossas reuniões semanais há mais de 32 anos que, se pudéssemos ter encontrado uma maneira mais fácil, teríamos tomado. No entanto, como disse Pedro, quando perguntado por Jesus se queria sair como os outros, voltamos sempre à mesma conclusão: “Senhor, a quem mais iremos?” (João 6:68) .

É por isso que eu repetidamente digo que o meu pior dia com Jesus foi infinitamente melhor do que o meu melhor dia sem eles.

Se você pode dizer algo para Julian Barnes, por favor, diga-lhe por mim, que  “Deus sente falta de você também.”

Patrick Morley

Traduzido e Publicado com a devida permissão do autor.

Link do artigo em Inglês, AQUI!

NOSSAS ORDENS DE MARCHA NÃO PRECISAM FAZER SENTIDO

755865

Texto-Bíblico: Lucas 5:1-11 e João 21

Jesus disse a Pedro para empurrar para fora em águas profundas e deixar para baixo suas redes para uma captura. Lembra como Pedro respondeu? “Mestre, temos pescado duro a noite toda e não pegamos uma coisa, mas se você diz, eu farei”.

Realmente não fazia nenhum sentido, humanamente falando, mas lembre-se o que aconteceu? Ele levou uma tão grande quantidade de peixe que as redes não poderiam lidar com isso tudo! Qual é o ponto para nós hoje?

Faça o que o Senhor lhe diz para fazer, mesmo que isso não faça sentido, humanamente falando.

Patrick Morley

Artigo traduzido e publicado com a devida permissão do autor.

Link para o artigo em inglês, AQUI!

POR QUE MOISÉS, ABRAÃO, JOSÉ, DAVID, NEEMIAS E PAULO NÃO FICARAM CONFUSOS?

13_259-rei-davi-estrela

Moisés poderia ter dito: “Estou impressionado com esta sarça ardente, mas não vou voltar para lá. Você terá que pegar outra pessoa.

Abraão poderia ter dito: “Eu gosto da minha vida da maneira que é. Este lugar é como Scottsdale. Eu não estou indo a lugar nenhum.”

José poderia ter dito: “Quando meus irmãos me venderam, você quis usar isso para o mal, e agora é hora de vingança”.

Davi poderia ter dito: “Esse Golias é realmente grande. É melhor eu voltar para casa. Papai realmente precisa de minha ajuda. ”

Neemias poderia ter dito: “Desisto. Há muita oposição. Não podemos terminar este muro.

Paulo poderia ter dito: “Uau. Pensei que essas pessoas seriam mais receptivas. Desisto.”

Mas não o fizeram.

Por quê? Porque estavam tão convencidos de que estavam fazendo a vontade de Deus, eles não desistiram quando as coisas ficaram difíceis.

Um homem que não está em uma missão não tem motivos para ser corajoso.

Patrick Morley

Traduzido e publicado com a devida permissão do autor.

Link para o artigo em Inglês, AQUI!

JESUS ​​E “HOMENS REAIS”

 

pixaofoto1

Por Arnie Cole, goTandem

Nós escolhemos frequentemente nomes para nossos negócios ou ministérios honrar alguém ou simbolizar um ideal. Nomear o seu negócio ou ministério após si mesmo mostra que você está confiante e investido. Incluir palavras como “confiável” ou “acessível” transmite como o cliente se beneficiará de fazer negócios com você. Eu observei que os nomes dos ministérios dos homens tendem também a ser inspiracional, implicando a força, a nobreza e a masculinidade – qualidades que muitos de nós querem conseguir.

Recentemente eu li uma dissertação que explorou por que os homens no Caribe são relutantes em freqüentar a igreja. O autor argumentou, de forma muito convincente, que o retrato tradicional de Jesus como um homem de olhos azuis, de pele clara e um espírito gentil contrasta muito com o ideal masculino da cultura.

Isso me leva a me perguntar se nós apreciamos completamente quem era Jesus e, em vez disso, limitamo-nos apenas a algumas noções bem usadas. Imaginamos Jesus em um manto branco puro, de pé, ao lado de um túmulo vazio. No entanto, esse mesmo Jesus foi espancado, ensanguentado e suportou horas morrendo em uma cruz de madeira.

Entre a visão de Isaías do Cristo como vencedor sobre o pecado e a morte. Em Isaías 63: 1 ele é descrito como marchando em grande força, em trajes ensanguentados, e com o poder de salvar. Ele pisoteou seus inimigos e vingou seu povo (versículos 3-4).

Como conciliar essas duas imagens diferentes de quem Jesus é? A chave que eu acredito é motivação. Considere Isaías 63: 5:

“Fiquei espantado ao ver que ninguém interveio para ajudar os oprimidos. Então eu mesmo entrei para salvá-los com meu braço forte, e minha ira me sustentou”.

Jesus estava defendendo os indefesos. Sua força e poder foram usados ​​para salvar aqueles que não podiam, em seu próprio poder, salvar a si mesmos.

Como homens, precisamos lembrar que, embora possamos escolher focar mais no amor sacrificial de Cristo, ele também é um poderoso Salvador. Só ele conseguiu alcançar a vitória completa sobre o pecado e a morte. Da mesma forma, ele nos chama a nos tornarmos mais semelhantes a ele em ambos os aspectos – mostrando amor e mansidão aos pobres, aos fracos e aos oprimidos. Ao mesmo tempo, somos chamados a proteger e defender os pobres, os fracos e os oprimidos.

Alexander McLaren, um dos grandes pregadores escoceses do início do século 20, forneceu uma rica descrição da força de Cristo em seu comentário:

“Nele estava toda a força da masculinidade – inflexível, vontade de ferro, propósito imutável, força da consagração, força da justiça. Nele estava o heroísmo dos profetas e mártires em grau supremo.

Nele estava a força da divindade interior. Ele lutou e conquistou todos os inimigos do homem, destruiu (poder do) o pecado, e triunfou sobre a morte.

Na Cruz vemos o poder divino operando em sua forma mais nobre, em sua energia mais intensa, em sua mais ampla extensão, em seu resultado mais magnífico. Ele é capaz de salvar, salvar todos, salvar qualquer um.

Ele é poderoso para salvar, e é capaz de salvar até o extremo, porque Ele vive para sempre, e Seu poder é eterno como Ele mesmo.

Assim como podemos experimentar o amor de Cristo hoje, também podemos aproveitar seu poder. Devemos lembrar que ele chamou cada um de nós por nome para se tornar cada vez mais como ele cada dia, tanto por nossas demonstrações de amor e em nosso papel como protetores.

________________________________________

GoTandem oferece uma experiência personalizada com a Bíblia projetada para fortalecer e incentivá-lo ao longo de sua jornada espiritual única. Veja por si mesmo.

Traduzido e publicado com a devida permissão.

Link para o artigo em Inglês, AQUI!

UMA VISTA CERTA DE DEUS

Sky over Wheat Plants

Como vemos Deus molda tudo o que fazemos. Estamos no seu lado ruim? Estamos no seu lado bom? Estamos em algum lado?

Será que ele mesmo nos conhece pessoalmente, ou somos apenas um dos 7 bilhões de formigas rastejando em torno da face da terra?

Ele nos deixou sozinhos para descobrir isso com livre arbítrio? Ou ele está orquestrando soberanamente as circunstâncias de nossas vidas?

Será que sempre precisamos viver com medo de tomar um passo em falso? Ele está apenas esperando por nós? Precisamos viver de acordo com os 10 Mandamentos para fazê-lo feliz, ou pelo menos evitar sua ira?

Ou será que ele nos ama tanto que fará o que for preciso para ter certeza de que acabamos em um relacionamento correto com ele?

As sutilezas de nossa visão podem não ser imediatamente transparentes, mas vale a pena pensar profundamente. Nossa fé pode não estar no equilíbrio, mas todo o fruto do Espírito – amor, alegria, paz, paciência e assim por diante – absolutamente pendura no equilíbrio.

Mesmo que todos tenhamos uma visão um pouco diferente de Deus, ele é quem ele é. A maior lição que eu aprendi foi no meio de uma crise quando eu percebi que eu tinha inventado Deus em minha imaginação para ser o Deus que eu queria que ele fosse.

Fiquei surpreso com a idéia: há um Deus que queremos, e há um Deus que é. Eles não são o mesmo Deus. O ponto de viragem de nossas vidas é quando paramos de procurar o Deus que queremos e começamos a procurar o Deus que é.

Acho que essa é a melhor lição que aprendi. Eu estava tentando re-imaginar Deus para ser Deus que eu queria que ele fosse.

Ele é o Deus que lançou o cosmos à existência, regula o fluxo e refluxo das marés, e ordena o nascer e o pôr do sol.

Rede líquida para mim … muito sobre Deus permanece opaco e misterioso – mesmo depois de ler a Bíblia 29 vezes. Mal podemos compreendê-lo, muito menos compreendê-lo.

Então o que nós vamos fazer? O que não sabemos muito excede o que sabemos. Mas o que ele nos deu a conhecer é muito bonito. Ele nos fez conhecer o seu evangelho na pessoa de Jesus.

Jesus disse coisas como: “Tudo o que o Pai me revelou, eu vos dei a conhecer, assim como o Pai me amou, assim também eu vos amei, assim como o Pai me amou, assim também ele vos amou. O Pai enviará em meu nome, ensinará todas as coisas e lembrará de tudo o que eu disse. ”

Então, como podemos ter uma visão correta de Deus? Olhando para Jesus. Ele é a imagem visível do Deus invisível. Ele é a representação exata do ser de Deus. Ele é tudo de Deus no corpo humano. O próprio Jesus disse: “Quem me viu, viu o Pai”.

Patrick Morley

Artigo traduzido e publicado com a devida permissão do autor

Link do artigo em Inglês, AQUI!