Arquivo da tag: Internet

Por que os homens estão com problemas?

Por-Que-Mulher-de-Opinião-Assusta-os-Homens-11

William Bennett: as mulheres fizeram grandes avanços na conquista de várias coisas que antes somente os homens tinham conquistado. Ele diz que os homens ficaram para trás, agora representando menos da metade dos graduados da faculdade.

Os homens estão mais distantes das famílias, muitos não têm empregos e não têm maturidade.

Precisamos ensinar aos meninos o que eles precisam para crescer como homens.

Pela primeira vez na história, as mulheres são mais educadas, mais ambiciosas e sem dúvida mais bem sucedidas do que os homens.

Agora, a sociedade com razão celebrou a ascensão de um sexo. Nós dissemos: “Você vai menina”, e elas foram. Celebramos a ascensão das mulheres, mas o que faremos sobre o que parece ser o declínio muito real do outro sexo?

Os dados não são bons para os homens. Em 1970, homens obtiveram 60% de todos os diplomas universitários. Em 1980, o número caiu para 50%, em 2006 foi de 43%. As mulheres agora superam os homens em graus universitários em quase três ou dois. Os ganhos das mulheres cresceram 44% em reais entre 1970 e 2007, em comparação com o crescimento de 6% para os homens.

Em 1950, 5% dos homens na principal idade de trabalho estavam desempregados. A partir do ano passado, 20% não estavam trabalhando, o maior número já registrado. Os homens ainda mantêm a maior parte das ocupações mais bem remuneradas e mais poderosas, mas as mulheres as estão conquistando e em breve os passarão se essa tendência continuar.

Os sinais de alerta para os homens se estendem muito além das carteiras. Os homens estão mais distantes de suas famílias ou de seus filhos. A taxa de natalidade fora do casamento é mais de 40% na América. Em 1960, apenas 11% das crianças nos EUA viviam separadas de seus pais. Em 2010, essa participação aumentou para 27%. Os homens também são menos religiosos do que nunca. De acordo com a pesquisa de Gallup, 39% dos homens relataram freqüentar a igreja regularmente em 2010, em comparação com 47% das mulheres.

Se você não acredita nos números, basta perguntar a mulheres jovens sobre homens hoje. Você vai encontrá-los falando sobre adolescência prolongada e homens que se recusam a crescer. Ouvi muitas mulheres jovens perguntando: “Onde estão os homens solteiros decentes?” Há um déficit de maturidade entre os homens lá fora, e os homens estão ficando para trás.

Esse declínio nas virtudes fundadoras – trabalho, casamento e religião – chamou a atenção para comentaristas sociais de todos os cantos. Em seu artigo seminal, “The End of Men”, Hanna Rosin descobriu a inversão de papel sem precedentes que está ocorrendo hoje. “O homem tem sido o sexo dominante desde então, bem, o alvorecer da humanidade. Mas, pela primeira vez na história humana, isso está mudando – e com velocidade chocante”, escreve Rosin. As mudanças no trabalho moderno – de costas para cérebros – catapultaram as mulheres para o topo da força de trabalho, deixando os homens em suas poeiras.

A resposta do homem tem sido patética. Hoje, homens de 18 a 34 anos passam mais tempo jogando videogames por dia do que meninos de 12 a 17 anos. Enquanto as mulheres estão se formando na faculdade e encontrar bons empregos, muitos homens não vão trabalhar, não se casam e não criam famílias. As mulheres estão começando a tomar o lugar dos homens de muitas maneiras. Isso levou alguns a perguntar: precisamos mesmo de homens?

Então, o que está errado? Cada vez mais, as mensagens aos meninos sobre o que significa ser um homem são confusas. O machismo da gangue da rua chama com um arrogante. Videogames, televisão e música oferecem lições duvidosas para meninos que foram abandonados por seus pais. Alguns treinadores e sargentos do exército gritam: “Que tipo de homem é você?” Mas não explicam.

Os filmes estão repletos de histórias de homens que se recusam a crescer e se recusam a assumir a responsabilidade nos relacionamentos. Os homens, alguns obcecados com o sexo, tratam as mulheres como brinquedos para serem descartados quando as coisas se complicam. Através de todos esses sinais diferentes e conflitantes, nossos meninos devem decifrar o que significa ser um homem, e para muitos deles é mais difícil descobrir.

Para que os meninos se tornem homens, eles precisam ser orientados através de conselhos, hábitos, instruções, exemplos e correções. É verdade em todas as idades. Alguém já caracterizou as duas questões essenciais que Platão representava: quem ensina as crianças e o que nós ensinamos? Cada geração de homens e mulheres tem a obrigação de ensinar os jovens do sexo masculino (e as mulheres, é claro) que estão por trás deles. William Wordsworth disse: “O que amamos, outros vão adorar, e nós vamos ensinar-lhes como”. Quando faltam nessa obrigação, o problema certamente segue.

Precisamos responder a esta cultura que envia sinais confusos aos jovens, uma cultura agnóstica sobre o que deseja que os homens sejam, com uma noção clara e realizável de masculinidade.

Os fundadores acreditavam, e as evidências ainda mostram que o trabalho, o casamento e a religião são uma base muito importante para o empoderamento e a conquista masculino. Talvez devamos dizer a um bom número de nossos homens de vinte e poucos anos: “Saiam dos videogames cinco horas por dia, obtenha um trabalho desafiador e case-se”. É hora de homens se levantarem.

Por William J. Bennett, avaliador CNN

Link do artigo em Inglês, abaixo

http://edition.cnn.com/2011/10/04/opinion/bennett-men-in-trouble/index.html

Diga NÃO ao Abuso Infantil!

brasil-abuso-infantil-prostituicao-20140321-001-original1

Texto-Bíblico: Gênesis 34:1-31 e 2 Samuel 13

O abuso infantil ocorre quando “um sujeito em condições de superioridade (idade, força, posição social ou econômica, inteligência, autoridade) comete um ato ou omissão capaz de causar dano físico, psicológico ou sexual, contrariamente á vontade da vítima, ou por consentimento obtido a partir da indução ou sedução enganosa.

As crianças que sofrem os abusos, em geral, mudam de comportamento, podendo se tornar submissas ou violentas, amadurecer sexualmente de forma precoce ou até demonstrar repúdio quando acariciadas. Identificar e tratar este tipo de violência é importante para evitar sequelas futuras.

Além da prevenção, o combate a essa realidade exige que os casos sejam denunciados. Portanto, se souber de algum caso de violência sexual infantil, procure o conselho tutelar, delegacias especializadas, polícia militar, federal ou rodoviária e ligue para o Disque Denúncia Nacional, de número 100.

Fonte: Movimento Pais no Insta

https://pt.wikipedia.org/wiki/Abuso_sexual_de_menor

Link para Mais conteúdos em Vídeos (campanhas, curta metragem e dicas para prevenir e proteger seus filhos)

https://www.youtube.com/watch?v=O1C9WdNdyYI

https://www.youtube.com/watch?v=d4kiduhsCco

https://www.youtube.com/watch?v=URB_oB6t8Aw

https://www.youtube.com/watch?v=_EiJZV1jT6o

https://www.youtube.com/watch?v=ip8qExflFBk

https://www.youtube.com/watch?v=DnoJH-PqFFw

https://www.youtube.com/watch?v=IySSJbASwVM

 

Em Cristo Jesus,

Filipe Paulo Christian

Perigos que cercam nossos filhos HOJE!

t1larg.courageous.courtesy

Texto-Bíblico: Deuterônomio 6:1-18

Você já parou pra pensar em como o mundo e tudo tem mudado muito rapidamente?

A cada ano que se passa, seja na ciência, no mundo ou na cultura e sociedade do nosso país muda e tem mudado de uma forma rápida. Porém em muitos casos, não é para melhor que tem mudado.

Posso citar como exemplo disso, as programações na TV Aberta, já não vemos mais nenhuma programação especificamente para crianças (e que trate de assuntos de criança ou sirva como entretenimento). E nas ruas e nossa própria vizinhança, já não vemos mais as crianças e adolescentes brincando juntos (“queimado”, amarelinha, sete-pedra, pião, pipa, pula corda, etc), como podíamos ver a alguns anos atrás.

E a classificação indicativa de idade para conteúdos como filmes, séries, desenhos e programas de tv parece nem mais existir. O que expõe nossos filhos, crianças e adolescentes a todo tipo de coisas impróprias a sua fase de desenvolvimento, como por exemplo, cenas de nudez, prostituição, sexo, uso de drogas e bebidas alcóolicas, estupro, assassinato e outros crimes violentos, uso de armas de fogo, práticas de bruxaria e ocultismo, relações homoafetivas, etc.

Vivemos realmente em um tempo que vai de mal a pior e, cada vez mais rápido. Uma geração vai tornando a outra, cada vez mais suja, depravada, corrupta e imoral em todos os sentidos (religioso, intelectual, moral, sexual e social). Tudo se pode fazer, ser e dizer nesses tempos modernos em que a regra que impera é “Seja feliz, seja você mesmo, faça o que você quiser”. E nada pode ser dito contra, afinal de contas, todos devemos ser “politicamente corretos”, devemos ser uma sociedade multicultural e liberal.

É em meio a tudo isso, que os nossos filhos nasceram e tem crescido. Diante disso tudo, como podemos proteger, cuidar e ensinar a verdade aos nossos filhos neste mundo moderno? Como podemos lhes transmitir a Palavra de Deus? Como podemos ajuda-los e orientá-los?

Antes, de responder a essas perguntas, gostaria de expor alguns dos perigos pelos os quais nossos filhos estão expostos cada vez mais e que representa real perigo para suas vidas nos âmbitos físico, mental/emocional, social, intelectual e de fé.

São eles:

– Drogas e álcool.

Muito comum em bairros e comunidades carentes, mais também se encontra presente em diversos ambientes, como por exemplo, nas faculdades e escolas. Muitos jovens e adolescentes começam a usar por curiosidade e influência de amigos.

Desde cedo converse com seus filhos sobre o uso de drogas e as suas consequências a curto, médio e longo prazo. Mostre como é a vida de quem passa ou passou por esse cativeiro destruidor que são as drogas e o álcool, existem diversas organizações que trabalham na recuperação de dependentes químicos (Alcóolicos Anônimos, Cristolândia, SaraVida, AOL, etc).

Textos-Bíblicos: Provérbios 20:1; 23:29-35

ÁREAS ATINGIDAS: EMOCIONAL/MENTAL, FÍSICA E SOCIAL.

– Bullying.

Esse é um mal que pode levar a outros piores como a depressão, suicídio, homicídio, baixa no rendimento escolar, ansiedade e outros problemas emocionais, etc. Além de fazer o ciclo de bullying se repetir futuramente na escola, faculdade, círculo de amizades, trabalho, etc. Essa questão precisa ser abordade pelos pais e também pelos os professores.

Pais estejam atentos aos sinais que podem indicar que seus filhos estão sofrendo bullying (baixa no rendimento escolar, baixa alto-estima, desinteresse em fazer amizades, medo ou estresse ao ir para a escola, etc.), conversem com eles e estejam sempre que possível indo ver como estão na escola, observá-los em sala de aula e saber com os professores como está o seu desempenho escolar e comportamento com os demais colegas.

ÁREAS ATINGIDAS: EMOCIONAL/MENTAL  e SOCIAL.

Textos-Bíblicos: Provérbios 1:1-19; Juízes 10:6-12:15 (Jefté) e a história de José (Gênesis 37 até o capítulo 50).

– Bruxaria e ocultismo.

Seja por meio de amizades ou através da internet e filmes, essas práticas de uma maneira  ou outra, chegam a vida de nossos filhos e demais adolescentes. Oremos por nossas crianças e adolescentes, e ensinemos a verdade acerca dessas práticas malignas.

ÁREAS ATINGIDAS: ESPIRITUAL e MENTAL.

Textos-Bíblicos: 1 Samuel 28; Apocalipse 22:15

 

– Imoralidade Sexual.

A fase de puberdade traz consigo mudanças físicas, hormonais, psicológicas. E diante disso que se passa com os adolescentes e o mundo em que vivem, eles e elas passam a olhar e perceber o sexo oposto de uma maneira diferente, se sentindo cada vez mais atraídos sexualmente. O que biologicamente é normal.

Mais infelizmente, vivemos um tempo em que desde cedo os adolescentes e jovens são incentivados a prática do sexo desde cedo. Bem como de tantas outras coisas relacionadas ao sexo, como por exemplo o homossexualismo, lesbianismo, orgias, consumo de pornografia, masturbação, etc.

Tudo isso, sem considerar as consequências sérias que vêm tanto por conta do sexo fora do casamento, quanto devido a imoralidade sexual. Exemplos: Defraudação emocional, depressão, ansiedade, gravidez indesejada, DST´S, brigas e discussões, estupro,

ÁREAS ATINGIDAS: ESPIRITUAL, EMOCIONAL, MORAL, FÍSICA/SEXUAL E SOCIAL

Textos-Bíblicos: Gálatas 5:16-26; 1 Tessalonicenses 4:3-8

 

– Ateísmo

Cada vez mais além de diversas filosofias e religiões crescerem e novamente florescerem mesmo nos tempos modernos. Podemos ver o ateísmo crescendo junto, especialmente nos EUA e Europa, mas aqui no Brasil muitos jovens se deparam com essa “religião” sem Deus, ao chegarem nas universidades e faculdades do nosso país, em que são apresentados e são bombardeados por todos os lados com idéias contra Deus e Sua Palavra.

É triste ver que muitos jovens ao entrarem em uma faculdade, se desviem e caminhem cada vez mais para longe de Deus.

ÁREAS ATINGIDAS: ESPIRITUAL, MENTAL e SOCIAL.

Textos-Bíblicos: Gênesis 1; João 1; Romanos 1:18-32; Salmo 14.

 

– Ativismo LGBT e o Feminismo moderno

Ambos os movimentos tem ganhado cada vez mais espaço e apoio de todos os lados, sejam de universidades e faculdades públicas, empresas, Ongs, órgãos públicos, políticos, filmes, desenhos animados, dentre tantos outros meios.

Ambos são movimentos que visam destruir e arruinar as famílias na sua base – as crianças e jovens. Atacando as próximas gerações de todas as formas e meios possíveis.

ÁREAS ATINGIDAS: ESPIRITUAL, EMOCIONAL, SOCIAL e FÍSICA.

Textos-Bíblicos: Levítico 18; Romanos 1:18-32.

– Ideologia de Gênero

A ideologia de gênero além de ser totalmente contrária a tudo o que as ciências biológicas e médicas comprovam. Ela também vai de encontro frontalmente com a Palavra de Deus, negando e distorcendo o que a Biblia declara desde Gênesis 1 em diante por toda a Escritura Sagrada, de que Deus criou Homem e Mulher (Gn 1:27). E contra fatos estabelecidos não há argumentos.

Porém e infelizmente, podemos ver através de diversos meios, como homens e mulheres malignos tem se empenhado em disseminar essa mentira do diabo, principalmente no coração e mente das futuras gerações (crianças e jovens de hoje), atacando-as nas escolas, faculdades, marcas de roupas, através de filmes e séries e tudo o mais que possam usar para corromper as futuras gerações cada vez mais.

No Canadá por exemplo os pais que discordam da ideologia de gênero podem perder os seus direitos como pais sobre os seus próprios filhos. Aqui no Brasil, mesmo diante da realidade de vários políticos e grupos de pais e professores terem desaprovado essa ideologia de ser ensinada nas escolas, existem cada vez mais ativistas e simpatizantes a propagando e ensinando em nossas escolas.

As consequências de se abraçar e aceitar a ideologia de gênero é a completa destruição de tudo o que conhecemos como família, do significa ser homem e do que é ser mulher. É uma verdadeira militância contra a família, atacando as partes mais fracas que são os nossos filhos e crianças.

ÁREAS ATINGIDAS: TODAS SEM EXCEÇÃO, POIS AFETAM A ESPIRITUALIDADE, A SAÚDE MENTAL/EMOCIONAL, FÍSICA E SOCIAL DAS CRIANÇAS E JOVENS.

Textos-Bíblicos: Levítico 18; Romanos 1:18-32; Gênesis 1 e 2.

 

Que possam estar alertas e tomando as devidas medidas no cuidado com nossos filhos, crianças e jovens. Seja você um pai, professor, líder de jovens ou pastor, que sejamos fiéis ao Senhor e a Verdade revelado por Deus nas Escrituras Sagradas no que se refere a cada uma dessas questões abordadas nesse artigo.

Mais do que nunca e por todos os lados, nossos filhos correm o perigo de afastarem-se de Deus cada vez e abraçarem em seus corações e vidas cada um desses perigos que somente trarão ilusão, sofrimento e destruição de suas vidas, além de mais ira sobre suas vidas.

Deus é Justo Juiz, Amados irmãos e amigos. Não se enganem, de Deus não se zomba (Joel 2; Romanos 1:18-32 e Gálatas 6:7-10). O Dia da Ira do Senhor está chegando.

 

Em Cristo Jesus, Filipe Paulo Christian

 

Links úteis

https://novaescola.org.br/conteudo/336/bullying-escola

http://guiame.com.br/gospel/familia/pais-que-discordam-da-ideologia-de-genero-podem-perder-guarda-de-seus-filhos-no-canada.html

http://guiame.com.br/gospel/noticias/apos-retirada-do-termo-identidade-de-genero-mec-se-reune-com-ativistas-lgbti.html

http://guiame.com.br/gospel/noticias/professora-proibe-referencias-ao-cristianismo-e-cola-adesivos-lgbt-em-cadernos-de-alunos.html

http://guiame.com.br/colunistas/marisa-lobo/rede-globo-e-ideologia-de-genero-quando-verdade-e-julgada-como-preconceito.html

O que estão assistindo as nossas crianças e jovens?

tv

Texto-Bíblico: Provérbios 22:6

Recentemente, pude além do que eu já sabia e via através de personagens em filmes e desenhos. Pude ler algumas notícias a respeito da promoção do ativismo LGBT em filmes e desenhos animados, visando as nossas crianças e jovens.

Seja em novas produções, como STAR TREK: DISCOVERY (que será lançado pela NETFLIX), LEGEND OF TOMORROW (LENDAS DO AMANHÃ, Disponível na NETFLIX), SENSE 8, 13 REASONS WHY, A Lenda de Korra e outras que possuem personagens gays, lésbicas, cenas fortes de orgias, etc.

Ou mesmo em regravações (ou remake) de produções antigas e clássicas como Power Rangers (2017), A Bela e a Fera (2017), Supergirl (2ª temporada), dentre tantas outras em livros, filmes e desenhos animados.

Realmente e cada vez mais vemos uma propaganda em massa dos ideais LGBT´s, visando especialmente as futuras gerações, ao mostrar a elas personagens, cenas e práticas contrárias a Palavra de Deus e contra a família tradicional.

Por que as crianças e jovens como alvo?

Crianças não tem a capacidade de julgar, discernir e refletir sobre o que é certo ou errado. São facilmente influenciadas e induzidas. E são bastante visuais, ou seja o que veem fica “gravado” em sua mente por bastante tempo.

E os nossos jovens estão em uma época de descobertas e transformação em seus corpos, mentes e vidas. Que melhor época para distorcer, corromper e desvirtuar do que na juventude?

 

Como podemos orientar,  ajudar e proteger nossos filhos e jovens?

Primeiramente e desde cedo devemos ensinar o que é ser homem (masculinidade bíblica) e o que é ser mulher (feminilidade bíblica) para eles. Mediante o ensino bíblico do que nos diz a Palavra de Deus, bem como do nosso próprio exemplo e práticas diárias.

Mostrar como homem e mulher são diferentes, porém perfeitamente complementares um ao outro em tudo. Desde o âmbito espiritual, emocional, físico, sexual e social.

Conversando franca e abertamente com eles desde cedo e de maneira pró-ativa, não espere que eles sejam corretamente ensinados lá fora, ensine-os em sua casa, no dia a dia, ao assistir tv, filmes e desenhos animados, ao lidar com pessoas homossexuais, etc. Oriente-os na Verdade ao padrão que o Senhor tem para as nossas vidas e a plena satisfação que temos ao seguir a sua Vontade para as nossas vidas.

Limite o acesso das crianças a conteúdos que possuem ativismo LGBT, limitando a programação que assistem em canais pagos ou netflix, o  tempo em que ficam na frente da televisão e celular somente para ligações (evite dar celular com muitos recursos antes dos 7 anos). Incentive-os a leitura de bons livros, brincadeiras com outras crianças, etc. Ou seja a viverem o que faz parte da fase em que vivem (INFÂNCIA).

Procurem ir a escola ou faculdade de seus filhos, para se certificarem de que estão aprendendo assuntos e matérias escolares e acadêmicas e não recebendo ideologias mentirosas, bem como induzidos a práticas e ideais contrários a Palavra de Deus. Os filhos são seus, não do ESTADO ou de movimentos feministas e LGBT.

 

Respeitamos a liberdade de escolha das outras pessoas, mas sejamos zelosos no cuidado para com nossas famílias.

“Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.” (Atos 20 : 27)

 

 

Filipe Paulo Christian

 

Fontes:

https://br.guiainfantil.com/televisao/173-transtornos-causados-pela-televisao-nas-criancas.html

http://www.papelpop.com/2017/03/novo-power-rangers-trara-primeiro-super-heroi-gay-dos-cinemas/

http://www.papelpop.com/2017/03/qual-e-o-problema-diz-diretor-de-bela-e-fera-sobre-cena-gay/

https://noticias.gospelprime.com.br/sbt-avatar-a-lenda-de-korra-casal-lesbico/

 

Preste atenção em seus filhos!

pai_e_filha

Texto-Bíblico: Efésios 6:4

Recentemente, ficamos conhecendo um pouco mais sobre a realidade do aumento do suicídio entre adolescentes e jovens tanto em nosso país, quanto no mundo todo. Especialmente pelo recente lançamento da série 13 Reasons Why e do jogo O desafio da Baleia Azul, o que destaca além do suicídio, questões como por exemplo depressão, assédio sexual, estupro, bullyng, traumas na infância, etc.

Cada uma dessas questões e problemas se relacionam entre si, podendo levar a diversos outros problemas tanto a nível pessoal, quanto a nível coletivo. E a primeira forma de defesa, socorro e apoio que este jovens e adolescentes podem e devem ter sempre presentes em suas vidas deve vir por parte dos pais, assim como seus professores, pastores e líderes cristãos devem igualmente se informar a respeito e buscar maneiras de se prevenir e combater esses males, doenças e problemas que são sérios e precisam de ajuda.

 

Esse artigo se destina primeiramente aos pais ou familiares de jovens e adolescentes, pois essa é a fase mais difícil emocionalmente falando, devido ao início da puberdade, primeiras experiências amorosas e sexuais, decisões importantes a serem tomadas, a busca por aceitação social, etc.

Eis abaixo alguns conselhos importantes aos pais e familiares:

– Conheça bem os amigos ou amigas de seus filhos (as).

– Crie seus filhos, dedique-lhes tempo de qualidade. Focado nele e não em seu celular ou TV.

– Desligue a rede Wi-Fi de sua casa após as 22h. Não a deixe ligada durante a madrugada ou horário em que você esteja dormindo;

– Vá a escola/faculdade de seus filhos, saber como está o desempenho escolar deles, conversar com os professores sobre o comportamento em sala de aula e dentro da instituição de ensino e conhecer as amizades que eles possuem na escola;

– Converse com seus filhos, desenvolva e fortaleça a sua amizade e relacionamento com eles. Use todos os recursos possíveis para alcançar esse objetivo: ligue pelo menos uma vez no dia, procure saber como foi o dia deles e como eles estão, vão passear juntos (restaurante, cinema, praia, visitar parentes, etc.)

– Converse sobre qualquer e todo tipo de assunto com seus filhos. Afinal de contas, ou eles podem aprender com você, ou eles aprenderão com os amigos, a internet e a TV. E AI QUAL VOCÊ PREFERE?

– Incentive seus filhos a participarem das atividades de sua igreja, como por exemplo: culto jovem, retiros e acampamentos, discipulado, etc;

– Torne seu lar, um ambiente alegre e feliz. Para isso, existem diversas formas de tornar sua casa um lugar do qual seus filhos anseiem voltar para casa no final da aula, após o estágio, etc. Pode ser através da realização do culto doméstico, da conversa particular com seus filhos para saber como eles estão e conversar sobre diversos assuntos, celebrem juntos cada conquista, limite o tempo de vocês com a TV e a Internet, etc;

– Nada de SmartPhones, TVs, Notebooks, Tablets no quarto dos seus filhos. O perigo pode encontrar caminho aberto em sua casa por esses meios;

– Mantenha-se sempre vigilante. Melhor ter um pouco mais de cuidado agora, do que só lamentar pelo o que não fez depois;

– Se informe e converse com outros pais sobre assuntos como depressão,

– Pense e reflita sobre essas perguntas:

Quem são os amigos dos seus filhos?

Como eles estão na escola/faculdade?

Qual foi a última vez que vocês conversaram aberta e francamente sobre qualquer assunto?

O que eles fazem na Internet? O que curtem e compartilham com os amigos?

Do que seus filhos mais gostam? Desenhos, filmes, livros e músicas?

 

Não pretendo oferecer um guia definitivo ou exaustivo em favor dos pais, mas desejo através dos nossos artigos e vídeos oferecer conselhos, dicas e observações que podem lhes ajudar. Mas recomendamos que procurem sempre a ajuda profissional de especialistas, como médicos, psicólogos e psiquiatras. Bem como o auxílio e orientação espiritual por parte de seus pastores e líderes eclesiásticos.

Homens, lembrem-se que além de causas e fatores sociais, físicos, emocionais e financeiros que podem contribuir com o suicídio de jovens e adolescentes. Ainda existem dois fatos importantes, nossa natureza depravada e um inimigo espiritual maligno que luta todos os dias contra cada ser humano na face da terra, especialmente contra a vida e famílias daqueles que servem ao Senhor Deus.

Informem-se, leiam muito a respeito desses assuntos, conversem com seus filhos, irmãos e alunos. Mais acima de tudo, orem em favor da vida de cada um dos nossos jovens e adolescentes.

Em Deus e na Sua Santa Palavra, busquem orientação e direção para terem o devido cuidado e acompanhamento da vida dos seus filhos.

 

Em Cristo Jesus,

Filipe Paulo Christian

Internet: Todo cuidado é pouco!

familia-cib

Texto-Bíblico:

Vivemos os chamados tempos modernos ou da pós-modernidade. E com ele vieram vários avanços tecnológicos, econômicos e sociais. Mais também aumentaram alguns problemas e ao mesmo tempo surgiram novos desafios.

Um desses avanços foi a Internet, porém ao mesmo tempo em que trouxe inúmeros benefícios, também abriu muitas oportunidades para que diversos tipos de crimes sejam cometidos (pedofilia, roubo, tráfico de drogas, armas e seres humanos, difamação e calúnia, etc.), dentro ou fora do mundo virtual.

Mas não é somente o problema dos crimes que perturba o mundo virtual, também existe os boatos e falsas notícias que causam prejuízos e danos á pessoas e empresas inocentes, exposição de fotos e vídeos íntimos de terceiros, plágios de obras artísticas, etc.

Então, todo cuidado é pouco!

Visando se proteger desses e de outros tantos perigos, aqui vão algumas dicas:

Quanto a Você mesmo

– Aprenda a usar cada ferramenta do seu smartphone (ou celular) ou computador, bem como aplicativos e suas configurações.

– Aprenda mais sobre como funciona a internet, as redes sociais e mídias digitais. E a como se proteger melhor.

– Saiba mais sobre temas como pedofilia, crimes cibernéticos, pornografia, jogos em rede (ou online), gírias usadas na internet e outros temas relacionados ao mundo virtual. Pois isso poderá lhe ajudar bastante de diversas formas, bem como enriquecer suas conversas com seus filhos. Existem ótimos materiais para lhe ajudar a como lidar e conversar com sua família sobre cada um desses temas, sejam pregações, livros, sites, etc.

 

Quanto ao E-mail

– Use a verificação em duas etapas. Pois toda vez que você, quiser acessar seu e-mail, uma mensagem será enviada para o seu celular com uma outra ‘senha‘ de verificação de que é você mesmo que está tentando acessar o seu e-mail e, não outra pessoa.

– Não compartilhe sua senha com ninguém.

– Não abra mensagens de pessoas ou sites desconhecidos (Spams), pois podem conter vírus, com o objetivo de invadir seu computador ou smartphone para roubar informações pessoais e importantes, como por exemplo: dados bancários, documentos, etc.

– Não envie dados pessoais por e-mail.

Quanto as Redes Sociais

– Não poste de jeito nenhum: Informações pessoais! Como por exemplo, seu nome completo, RG, CPF, telefones, endereço, local de trabalho, etc. Não convém de jeito nenhum a esse ambiente, essas informações!

– Evite postar fotos e vídeos que mostrem detalhes de sua casa ou trabalho. Isso pode causar vários problemas para você, desde um roubo em sua casa até uma demissão por justa causa em relação ao seu trabalho.

– Desative o recurso de localização. E não o use nas suas postagens.

– Tirou uma selfie, gravou um vídeo, etc? Então, poste algumas horas ou dias depois.

– Preserve a sua vida. Redes sociais não é ambiente familiar ou amigo, expor sua vida demasiadamente nas redes sociais pode trazer vários problemas para você e sua família.

 

Quanto aos boatos e notícias

– Procure saber a fonte de tudo o que você vê ou compartilham com você. Se não tem fonte, não vale nem a pena acreditar. E tendo ou não a fonte, sempre pesquise em sites confiáveis.

– Só compartilhe o que for VERDADE! E com fonte, comprovação e útil para as demais pessoas com quem você deseja compartilhar.

– Fica como dica para pesquisar boatos e notícias, visando saber a sua veracidade, os sites: E-Farsas e o Boatos.Org, além claro dos diversos portais de notícias nacionais e estrangeiros (G1, R7, CBN, Jornais municipais ou estaduais, etc.)

 

Quanto aos seus filhos ou crianças da família

– Faça uso de aplicativos e softwares que visam vigiar ou controlar o que a criança acessa, com quem conversa, sua localização, dentre outras informações que podem ajudar a evitar crimes como pedofilia, sequestro, roubo, etc.

– Converse sobre os perigos existentes no mundo virtual, bem como as formas de se proteger e denunciar. Não adianta aplicativos e tudo o mais de tecnologia, se você não cuida e prioriza o fator humano – seus filhos e família.

– Tenha cuidado com as amizades do mundo real, mas também e principalmente com as amizades do mundo virtual. O que existem de perfis falsos (ou fakes) ou mesmo adultos se passando por crianças e adolescentes, não são poucos.

– Evite que seus filhos tenham TV e Computador dentro do quarto. Pois além dos perigos do mundo virtual, a presença da TV e um computador no quarto de seus filhos, podem afastá-los do devido e saudável convívio familiar e social com amigos.

 

 

Essas são apenas algumas dicas para lhe ajudar a se proteger, bem como aos seus filhos. Irei deixar alguns links abaixo, para você melhor se aprofundar nessa questão. Desde já agradecemos e se cuidem.

 

https://seguranca.uol.com.br/antivirus/dicas/curiosidades/10-maneiras-simples-de-proteger-seu-computador.html#rmcl

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/03/150320_golpes_internet_protecao_fn

http://www.bbc.com/portuguese/geral-39010115

 

 

Em Cristo Jesus,

Filipe Paulo Christian